Clipping

Voltar

'Teste Saúde' alerta: solários têm alto risco

16 de Maio 2010

O solário não prepara a pele para a praia. O bronze obtido com algumas sessões protege tanto como um creme solar de factor 2 ou 3, insuficiente até para peles negras. Se o objectivo é ganhar a cor que não consegue na praia e mantê-la todo o ano, pondere os riscos de um envelhecimento precoce da pele, rugas e perda de elasticidade.

Além disso, um estudo recente da Organização Mundial da Saúde confirma uma relação directa entre a frequência de solários e o cancro da pele. Aumenta em 75% o risco de melanoma, forma mais perigosa de cancro da pele, sobretudo em jovens adultos.

Numa sessão de 15 a 30 minutos, a pele recebe a mesma quantidade de radiação ultravioleta perigosa do que num dia de Verão na praia. Os aparelhos bronzeadores emitem sobretudo radiação ultravioleta A (UVA), que produz uma cor rápida, mas passageira.

A radiação UVB emitida é menor, mas tem intensidade cerca de três vezes superior à do sol. No geral, está à distância de 30 centímetros da pele. Os UVB permitem um bronzeado mais prolongado: penetram a nível superficial e estimulam a produção de melanina, protectora da pele. Mas também são responsáveis por queimaduras solares e lesões cancerosas.

Se, mesmo assim, deseja experimentar um solário, siga as regras de segurança. Os profissionais devem averiguar o tipo de pele, problemas de saúde, antecedentes de cancro, queimaduras na infância ou outras contra-indicações que impeçam ou condicionem a exposição.

Antibióticos e antidepressivos, entre outros, podem aumentar a sensibilidade à radiação. Aconselhe-se com o médico. Retire a maquilhagem e não utilize perfume. Não passe creme solar, bronzeadores ou outros, apenas protector labial. Use óculos e, no caso dos homens, protecção para os genitais. Respeite um intervalo de 48 horas entre as duas primeiras sessões e não se exponha directamente ao sol no mesmo dia.

Esta forma de bronze está interdita a grávidas, menores de 18 anos e indivíduos com sinais de insolação. Também não deve frequentar se tiver pele muito branca e sensível.

Se preferir um dia de praia, no portal da revista de consumidores na Net, encontra um dossiê completo, com simulador do tipo de pele, teste a protectores solares e muitas outras informações úteis para desfrutar do sol em segurança.

TORNAR O SOL UM AMIGO

- A radiação solar tem efeito benéfico sobre o estado de espírito e é indispensável para algumas funções, como a síntese de vitamina D. Mas evite-a nos períodos mais quentes, entre as 11.00 e as 17.00.

- Conheça o seu tipo de pele para determinar o tempo máximo de exposição e o índice de protecção. Abuse do creme solar e use chapéu.

- Bebés até aos seis meses não devem ir à praia e, até um ano, evite exposição directa. Proteja--as com creme solar de índice elevado, T-shirt e boné.

Por Diário de Notícias a 15 de Novembro 2015

Voltar
Apoios & Parcerias