Clipping

Voltar

Cancro da boca: homens são mais afectados

23 de Fevereiro 2010
A responsável pelo Registo Oncológico Regional do Norte, Maria José Bento, revelou que os homens da região do Norte são os mais afectados pelo cancro da cavidade oral, que tem vindo a causar uma mortalidade cada vez mais elevada. O alerta de Maria José Bento é avançado, esta quinta-feira, pela Agência Lusa.

O tabaco e o álcool foram apontados como as principais causas da doença.«O álcool e o tabaco, juntos, não se somam, mais do que se multiplicam», afirmou Maria José Bento, acrescentando que o vírus do HPV também está associado à doença.

A exposição ao pó da madeira e aos fumos dos tubos de escape e poluentes industriais, uma deficiente higiene oral, uma dieta pobre em vitamina A e a susceptibilidade genética são também factores de risco.

Maria José Bento alertou para a importância do diagnóstico precoce das lesões, por permitir tratamentos menos agressivos e melhores taxas de sobrevivência.

O director do Serviço de Otorrinolaringologia do IPO/Porto, Eurico Monteiro, afirmou que quando «diagnosticados a tempo, muitos destes cancros são curáveis». Contudo, «o que acontece na maioria dos casos é que os doentes aparecem em estado avançadíssimo, numa situação em que não é possível tratá-los», considerou Eurico Monteiro.

Por diario.iol.pt a 15 de Novembro 2015

Voltar
Apoios & Parcerias