Clipping

Voltar

Novo equipamento digital detecta gânglio sentinela

08 de Abril 2010

"1000 Cidades, 1000 Dias" é o tema proposto, este ano, pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para a campanha do Dia Mundial da Saúde 2010, que se comemora amanhã. A data incidirá sobre as questões da urbanização e saúde, sendo que no âmbito desta campanha serão organizados eventos em todo o mundo, durante a semana de 7 a 11 de Abril de 2010, convidando as cidades a disponibilizar espaços para actividades de saúde.

O tema escolhido para este ano destaca o efeito da urbanização sobre a saúde colectiva, a nível global, e para cada um individualmente.

Na Madeira, o Governo , através do secretário com a tutela da Saúde, diz estar atento a estas temáticas e sublinha que este dia deve ser celebrado com alguns objectivos, nomeadamente, pelo reforço da cultura de estilos de vida saudáveis, pela atenção redobrada de alterações climáticas e as doenças emergentes, entre as quais, o dengue, a malária ou as gripes, como é o caso da Gripe A e as suas mutações.


Mamografia digital com novo equipamento

O cuidado com o diagnóstico e um início de terapêutica o mais precoce possível é outro dos aspectos destacados por Francisco Jardim Ramos. Aliás, a este propósito, revelou que neste dia, pelas 12 horas, na Biblioteca do Hospital Dr. Nélio Mendonça, será colocado à disposição, numa oferta da Liga Regional Contra o Cancro, um novo equipamento de mamografia digital de última geração que permite detectar o “gânglio sentinela”.

Este aparelho será oferecido à Unidade de Patologia Mamária do Serviço de Ginecologia/Obstetrícia do SESARAM, E.P.E. e deixa identificar o material radioactivo injectado previamente.

Este, detectado a nível do território de drenagem ganglionar, deixa identificar o “gânglio sentinela”, ou seja, o primeiro gânglio de drenagem do tumor. Se o resultado desta detecção for negativo, permite que sejam evitadas cirurgias radicais ao nível da região axilar.

Este aparelho, no valor de 15 mil euros, vem complementar a actividade da Unidade de Patologia Mamária a nível da abordagem do cancro da mama nas mulheres madeirenses, permitindo a diminuição dos tempos operativos, bem como a radicalidade cirúrgica ao nível da mama e da axila com total benefício para as mulheres. Assim, evitam-se transtornos estéticos e psicológicos nas senhoras intervencionadas.

O secretário acrescenta que em termos de urbanidade a Região tem uma sociedade que rege-se por parâmetros civilizacionais europeus em que temos fornecimento de água potável, saneamento básico, a prevenção das doenças com uma boa cobertura percentual de vacinas, para além da preocupação com as ditas doenças civilizacionais, como a obesidade ou o envelhecimento da população com o aparecimento de doenças crónicas.

«É por isso que se coloca como primeira prioridade o reforço na cultura dos estilos de vida saudáveis, como o andar o pé, os cuidados com a alimentação ou o abuso de bebidas alcoólicas, do tabaco, a exposição solar. É essa, cada vez mais, a nossa preocupação para que cada cidadão faça uma cultura de estilos de vida saudável, disse Jardim Ramos.


Por Netmadeira a 15 de Novembro 2015

Voltar
Apoios & Parcerias