Clipping

Voltar

Novo teste pode detectar cancro do pulmão através do odor

29 de Janeiro 2010
Uma equipa de cientistas afirma ter descoberto um novo teste que pode detectar o cancro do pulmão precocemente, através de uma mudança no odor de fluidos corporais, noticia o site HealthDay. 


Os investigadores desenvolveram um modelo em animais para isolar biomarcadores de odor na urina e identificaram os ratinhos que sofriam da doença. As mudanças de odor estavam muitas vezes ligadas a uma queda nos níveis de certos compostos orgânicos. 


Os resultados, publicados na PLoS One, mostram que os cientistas foram capazes de detectar correctamente o cancro do pulmão de 47 em 50 casos. "Este trabalho mostra, que os tumores – neste caso, em ratinhos – resultam de uma mudança nos odores, que pode ser útil para fins de diagnóstico", observou o autor principal do estudo, Gary K. Beauchamp, biólogo do Monell Chemical Senses Center, na Filadélfia.


Os investigadores querem agora perceber se a abordagem pode ajudar no diagnóstico precoce do cancro do pulmão em humanos."Dentro de um ano, já devemos saber se é algo para seguir em frente", afirma o investigador, acrescentando que o método "pode ser útil como uma ferramenta adicional". 


"Ainda é cedo para dizer, mas se funcionar, era uma forma de identificar o cancro do pulmão mais cedo e de tratar a doença, de forma mais eficaz", afirma o Dr. Roy Herbst, do MD Anderson Cancer Center, em Houston. O cancro do pulmão é a principal causa de mortes por cancro em todo o mundo.
Por POP a 15 de Novembro 2015

Voltar
Apoios & Parcerias