Clipping

Voltar

Salvaterra rastreia cancro da mama

18 de Agosto 2010
O concelhode Salvaterra de Magos disponibiliza a todas as mulheres com idadescompreendidas entre os 45 e os 69 anos, a possibilidade de procederem aorastreio do cancro da mama. As mesmas serão convidadas a participar nesterastreio através de carta personalizada, enviada pela Liga Portuguesa Contra oCancro, com indicação da data, hora e local do respectivo rastreio.

A realização do exame está a ser levada a cabo neste concelhodesde de Maio por uma unidade móvel da Liga Portuguesa Contra o Cancro e sótermina a 25 de Agosto.

Depois de já ter passado pelo Centro de Saúde de Salvaterrade Magos, a unidade móvel que assegura a realização dos exames, com técnicascredenciadas em radiologia às mulheres participantes estará, entre 20 e 25 deAgosto, junto ao Centro de Saúde de Marinhais. Os exames decorrem de segunda aquinta-feira, das 9 às 13 horas e das 14h às 17h30, e sexta-feira entre as 9h eas 13 horas.

A Câmara Municipal de Salvaterra de Magos, a par de todo oapoio logístico, assegura também o transporte das munícipes residentes fora dasfreguesias de Salvaterra de Magos e de Marinhais, devendo as senhoras efectuara respectiva inscrição para transporte na Junta de Freguesia da sua área deresidência. A prevenção das doenças do foro oncológico é uma das principaisactividades da Liga Portuguesa Contra o Cancro, através também do seu NúcleoRegional do Sul, núcleo este que actua na área geográfica onde o concelho deSalvaterra de Magos se insere. Esta acção tem como objectivo primordial aredução da letalidade da doença através do diagnóstico atempado.

O cancro da mama é uma das doenças com maior impacto nanossa sociedade, não só por ser muito frequente, e associado a uma imagem degrande gravidade, mas também porque agride um órgão cheio de simbolismo, namaternidade e na feminilidade.

Os números mostram, de resto, que esta é uma doença que asmulheres não devem descurar. É que em Portugal, surgem aproximadamente 4.500novos casos de cancro da mama por ano, que mata quatro mulheres por dia no nosso pais. Uma em cada10 mulheres irá desenvolver cancro da mama, em algum momento da sua vida. Ocancro da mama mata, todos os anos, aproximadamente 1500 mulheres, mas a 90 porcento dos casos são curáveis, se forem detectados a tempo (na faseinicial) e tratados correctamente. Os exames de Rastreio e as consultas deaferição em Lisboa são totalmente gratuitos para as senhoras rastreadas.
Por Vida Ribatejana a 15 de Novembro 2015

Voltar
Apoios & Parcerias