Notícias

Voltar

Apresentação pública de projeto de apoio a doentes oncológicos em contexto hospitalar

05 de Dezembro 2019
Apresentação pública de projeto de apoio a doentes oncológicos em contexto hospitalar
Núcleo Regional do Centro da Liga Portuguesa Contrao Cancro apresentou hoje (5 dezembro) projeto de apoio a doentes oncológicos, em contexto hospitalar na região centro, e procede à entrega formal de apoio material ao IPO de Coimbra.
Foi, hoje (5 dezembro) apresentado publicamente o novo projecto do Núcleo Regional do Centro da Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC.NRC) de apoio a a doentes oncológicos, em contexto hospitalar na região centro, e entrega formal de apoio material ao Instituto Português de Oncologia de Coimbra (IPOC).
Na apresentação do projeto e entrega da doação participam Vítor Rodrigues, Presidente da Direção Nacional da Liga Portuguesa Contra o Cancro; Natália Amaral, Secretária-Geral da Direção da LPCC.NRC e  Margarida Ornelas, Presidente do Conselho de Administração do IPOC.
A iniciativa marca o início de um projeto que visa reforçar os cuidados a doentes em contexto hospitalar, no domínio da humanização da assistência ao doente oncológico e família, através da atribuição, junto dos serviços das unidades hospitalares, de equipamentos específicos e materiais de consumo, cujas necessidades têm vindo a ser relatadas à LPCC.NRC.
Tudo começou, segundo Vítor Rodrigues, presidente da Direcção Nacional da LPCC, quando um grupo de colaboradores da Critical Software decidiu doar 4 000 euros à Liga que optou por canalizar o valor para um projecto dirigido à humanização do doente oncológico. A esta empresa junto-se o apoio também da Fujifilm na ordem dos 6 000 euros.
O projecto, “dependente também das contribuições da comunidade através do Peditório da Liga”, segundo Vítor Rodrigues, encontra-se numa fase de identificação de necessidades junto de vários hospitais distritais, na região centro. A primeira parceria, que “se pretende que seja continuada no tempo”, conforme adiantou, foi formalizada com o IPOC, cujas necessidades foram identificadas pelos enfermeiros chefes de cada Serviço, tanto a nível de equipamentos como de acompanhamento.
Este apoio traduz-se num total de 76. 158 euros em equipamentos e materiais de apoio ao doente para os vários Serviços do IPOC, como o de Oncologia Médica; de Radioterapia; de Cuidados Paliativos; Dermatologia e para o Hotel de Doentes. O valor reparte-se em 24 636 euros destinados à aquisição de equipamentos e 51 522 para materiais de apoio ao doente oncológico.
Até ao momento, “já estão comprados mais de 90 por cento dos equipamentos”, esperando-se que “no máximo até Janeiro todos eles sejam entregues” ao IPOC, garantiu Vítor Rodrigues.
Natália Amaral, membro da Direção da LPCC.NRC, apresentou os equipamentos oferecidos. Destes, destacam-se televisões para as salas de tratamento; colchões anti-escaras; cadeiras de higiene para banho; almofadas de gel; óculos de realidade virtual; transfer de banhos; cadeiras de higiene de banhos, entre outros. Quanto aos materiais de apoio salientam-se os kits doados aos doentes, que incluem alguns produtos de higiene, folhetos informativos, garrafas de água e pequenos produtos que pretendem dar mais conforto aos utentes durante os tratamentos.
Margarida Ornelas, presidente do Conselho de Administração do IPOC,  salientou que “este investimento vem tornar corpóreo pequenas coisas que são realmente importantes para os doentes”. Na identificação de necessidades destacou o empenho dos colaboradores e voluntários no terreno, “conhecedores das necessidades dos doentes”.  “Estes olhos e este cuidado foram muito importantes para na tradução destas necessidades”, acrescentou.
Recordando que hoje é o Dia Internacional do Voluntariado, data que o Núcleo Regional do Centro da Liga Portuguesa Contra o Cancro assinalou, também, com a tertúlia “Porque sou voluntário?”, Vítor Rodrigues reforçou o apelo à comunidade para que continue a envolver-se na luta contra o cancro. “Todos por Todos” será uma nova assinatura digital da LPCC, traduzindo este fundamento de uma “sociedade envolvida no acompanhamento formal e infomal ao doente oncológico e família”.
Por Núcleo Regional do Centro a 06 de Dezembro 2019

Voltar

Sugestões

Apoios & Parcerias