Porque quem precisa, precisa de nós!

Contribua com o seu donativo

Notícias

Voltar

des.LIGA dinamiza ações do Outubro Rosa na Escola Superior de Enfermagem de Coimbra

26 de Outubro 2020 a 30 de Outubro 2020
des.LIGA dinamiza ações do Outubro Rosa na Escola Superior de Enfermagem de Coimbra
De 26 a 30 de outubro, o des.LIGA – Departamento de Educação para a Saúde no Ensino Superior assinala, na Escola Superior de Enfermagem de Coimbra (ESEnfC), o mês da prevenção do cancro de mama, através da iniciativa Outubro Rosa.
Por todo o mundo, durante o mês de outubro, a cor rosa é utilizada para homenagear as mulheres com cancro da mama, sensibilizar para a prevenção e diagnóstico precoce, bem como apoiar a investigação nesta área. A iniciativa, conhecida por “Outubro Rosa”, nasceu na década de 1990 com o intuito de mobilizar a sociedade para a luta contra o cancro da mama. O projeto des.LIGA junta-se, uma vez mais, a este movimento, para informar, sensibilizar e, sobretudo, para inspirar a mudança. 
Os voluntários do projeto des.LIGA, estudantes da Licenciatura em Enfermagem, durante a “semana rosa”, irão decorar dois espaços (no polo A e no polo B da Escola) e em momentos específicos, nomeadamente nos intervalos, irão dinamizar pequenas intervenções educativas. Paralelamente, o circuito interno de televisão da ESEnfC emitirá vídeos e mensagens alusivos ao tema.  
O des.LIGA marca, assim, o inicio do seu 6º ano consecutivo na ESEnfC, um ano que se espera cheio de criatividade e muita literacia para a saúde.
Recorde-se que o cancro de mama é um problema de saúde pública, apesar de não ser dos mais letais, tem uma incidência elevada, sobretudo na mulher (apenas 1 em cada 100 cancros se desenvolvem no homem). De acordo com os últimos dados do projeto GLOBOCAN, da responsabilidade da International Agency for Research on Cancer, o cancro de mama é o tipo de tumor mais comum na mulher e o segundo mais frequente em todo o mundo. Atualmente em Portugal, com uma população feminina de 5 milhões, surgem mais de 6000 novos casos de cancro da mama por ano, ou seja, 11 novos casos por dia, morrendo por dia 4 mulheres com esta doença.
Apoiar as sobreviventes de cancro de mama, lembrar as mulheres que morreram, e apoiar o progresso e a luta contra o cancro de mama é um imperativo.
 
Por Núcleo Regional do Centro a 21 de Outubro 2020

Voltar

Sugestões

Apoios & Parcerias