Notícias

Voltar

NRA/LPCC : Bolsa D. Maria do Livramento de Abreu Forjaz

21 de Fevereiro 2017 a 01 de Maio 2017
NRA/LPCC : Bolsa D. Maria do Livramento de Abreu Forjaz
A Bolsa de Estudo destina-se a Licenciados que desejem frequentar Cursos de curta duração ou apresentação planos de estudos na área do combate à Doença Oncológica, e é constituída por uma verba de 1.500 euros, de atribuição anual.
 
Regulamento 2017
 
  1. A Bolsa destina-se a incentivar a realização de estudos de investigação cientifica na área da Oncologia.
    A Bolsa, no valor de €1500, de vigência anual, servirá para apoiar nas despesas relacionadas com a participação em congressos, cursos de especialização, pós-graduações, mestrados ou doutoramentos.

    Esta bolsa não se enquadra no regime jurídico dos bolseiros de investigação (Lei nº. 40/2004, Decreto-Lei n. º202/2012 e Decreto-Lei n.º 233/2012).
    Poderão candidatar-se licenciados até aos 35 anos de idade que cumpram uma das seguintes condições:
    -Sejam naturais dos Açores;
    -Sejam filhos de pai ou mãe açorianos;
    -Residam na Região há mais de cinco anos, independentemente da sua nacionalidade;
  1. As candidaturas devem ser enviadas até ao dia 30 de Abril e dirigidas ao Presidente do NRA-LPCC, sito à Rua da Rosa, nº26 – 9700-171 Angra do Heroísmo – em correio registado com aviso de recepção. Do requerimento da candidatura devem constar a identificação do candidato, residência, código postal, nº de telefone/telemóvel e endereço eletrónico. Em anexo devem constar um plano de trabalho a que se destina a Bolsa, um curriculum vitae resumido (máx. 10.000 carateres, incluindo espaços), fotocópias dos comprovativos de habilitações literárias e de formação/experiência profissionais bem como um parecer do superior hierárquico do candidato a realçar a pertinência da candidatura à Bolsa.

    O júri do concurso é composto por cinco membros, sendo um obrigatoriamente da Direção do NRA-LPCC e outro da família do Dr. Cândido Pamplona Forjaz.

    O júri levará em consideração na apreciação das propostas, não só a sua qualidade específica, como a sua oportunidade para o desenvolvimento para as políticas de Saúde na Região Autónoma dos Açores e/ou o seu impacto na melhoria da qualidade de vida dos doentes oncológicos. O júri deliberará no prazo máximo de quinze dias a seguir à data limite da aceitação das candidaturas. As decisões do júri são soberanas e não estão sujeitas a recurso por parte dos candidatos excluídos.

    O candidato selecionado obriga-se a apresentar ao NRA-LPCC, no prazo máximo de um mês após o termino da bolsa, um relatório das atividades que desenvolveu, incluindo as despesas efetuadas e respetivos comprovativos, bem como o(s) certificado(s) do(s) curso(s) ou estudo(s) em que participou, comprometendo-se também a entregar qualquer trabalho posterior que tenha ligação com a atribuição desta Bolsa. A não aplicação da Bolsa ao fim destinado implicará a devolução da totalidade da verba por parte do candidato. 
Por Núcleo Regional dos Açores a 27 de Fevereiro 2017

Voltar

Sugestões

Apoios & Parcerias