Voltar

Luisa Cruz

23 anos Esófago, 2011, Familiar
Após um episódio de febre, o meu pai ficou um mês internado no Hospital a realizar exames de todo o tipo. Diagnóstico: Cancro no esófago. Os médicos deram-lhe 3 meses de vida mas o meu pai lutou contra a doença durante dois anos! Dois anos muito intensos. De dor, de pequenas vitórias, de sorrisos, de não saber quanto mais tempo o nosso pai iria estar connosco. Sabíamos que ele iria partir e com o passar do tempo parece que não acreditávamos que um dia isso seria possível. (…) O meu pai tinha uma grande força de viver. E foi essa força que o deixou viver dois anos com um cancro que o impossibilitou de se alimentar. (…) Despedi-me dele com calma, para que ele pudesse partir em paz. Claro que não queria acreditar que ele se estava a ir embora naquele momento e eu sem poder fazer nada. É uma dor incalculável e desmedida. Mas temos a plena consciência que fizemos tudo pelo bem-estar dele. Pois é isso que doentes em fase terminal carecem. Demos mimo e atenção. A minha mãe estava com ele 24 sob 24h por dia para que nada lhe faltasse. Eu sou a filha mais nova. Perdi o meu pai muito cedo. Precisamos sempre dos nossos pais, seja em que idade for, nunca estaremos prontos para tal realidade. Mas esteja onde ele estiver sabe o quanto gostamos dele e estará sempre nos nossos corações.
Voltar

Outros Testemunhos

  • Estávamos sentados à mesa da cozinha em nossa casa quando o meu tio, mais uma vez, se engasgou e, como de costume, a minha tia começou a ralhar com ele...Ana, 18 anos, Esófago, 2005Ler mais
  • Há 3 meses que tento perceber como começar este texto...Tento descobrir como escrever de uma coisa que ainda nós estamos a descobrir,...Sara Vieira, 32 anos, Esófago, 2015Ler mais
  • Vai fazer dia 19 deste mês de Março, 3 meses que o Cancro ganhou o jogo. Levou a melhor. Perdi o meu avô...No Natal de 2015 algo...Mariana Barata, 21 anos, Esófago, 2016Ler mais
  • Em março de 2014, senti o chão fugir-me quando a minha mãe me liga a dizer que a endoscopia do meu pai acusou um carcinoma do esófago. Sou filha única...Isa Maia, 43 anos, Esófago, 2014Ler mais
  • Aos 43 anos foi-me diagnosticado este "flagelo". Não é fácil , é um mudar de Vida redondamente. Mas apelo a todos...José Botelho, 43 anos, Esófago, 2016Ler mais
  • Partilho convosco a minha história, história esta em que entra meu pai de 52 anos. Estamos nesta luta há já alguns meses na...Anónimo, 23 anos, Esófago, 2016Ler mais
Apoios & Parcerias