Notícias

Voltar

ALARGAMENTO DO RASTREIO DO CANCRO DA MAMA

ALARGAMENTO DO RASTREIO DO CANCRO DA MAMA
Cobertura geográfica de 100% com a inclusão dos distritos de LISBOA e de SETÚBAL
O Núcleo Regional do Sul da Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC), em parceria com a Adminstração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT), anuncia o alargamento do Rastreio do Cancro de Mama aos Distritos de Lisboa e de Setúbal. A LPCC congratula-se do resultado alcançado após as negociações entre as duas entidades que conferiu a equidade no acesso gratuito ao rastreio às mulheres portuguesas ao conseguir uma cobertura geográfica de 100% em território nacional, num período de dois anos.
 
O protocolo entre as duas entidades, foi celebrado em 2020, e o arranque do Rastreio vai ser assinalado no próximo dia 4 de fevereiro (Dia Mundial do Cancro), às 10h30, junto ao Centro de Saúde de Alcochete, com a presença das entidades promotoras desta iniciativa. Do planeamento do Rastreio, ao Município de Alcochete, seguem-se os Municípios do Montijo e da Moita, nos meses de fevereiro e março (restante agenda a anunciar no decorrer do ano).
 
Com este alargamento são mais 400 mil mulheres que poderão fazer o rastreio a partir de fevereiro de 2021, totalizando 600 mil mulheres a convidar no total dos concelhos da Região Sul, até 2023.
 
As mulheres dos distritos de Lisboa e de Setúbal vão, assim, poder contar com uma equipa técnica especializada na área do cancro da mama e com equipamentos digitais novos que potenciam uma melhor qualidade do diagnóstico.
 
Por Núcleo Regional do Sul a 05 de Abril 2021

Voltar

Sugestões

Apoios & Parcerias