Notícias

Voltar

Assinatura do Projeto Pólo II para Doentes Oncológicos no Norte

Assinatura do Projeto Pólo II para Doentes Oncológicos no Norte
Pólo II terá atividades lúdicas, apoio social, reabilitação física e lar para doentes oncológicos.
Após avaliação das propostas de projeto de arquitetura e construção do Pólo II, em concurso público, a Liga Portuguesa Contra o Cancro – Núcleo Regional do Norte selecionou a proposta do gabinete de arquitetura INBICTA.
A assinatura do contrato para elaboração do projeto do Pólo foi realizada no dia 11 de setembro de 2019 na presença dos elementos da Direção deste núcleo e os arquitetos.
A Liga Portuguesa Contra o Cancro - Núcleo Regional do Norte caminha, assim, para a construção de novas instalações polivalentes com diversas valências na área da saúde, de forma a permitir qualidade de vida a mais de seis mil doentes oncológicos. O Pólo II será construído futuramente em terreno cedido pela Câmara Municipal de Matosinhos, em regime de direito de superfície, após votação aprovada por unanimidade em reunião do executivo municipal.
O edifício do Pólo II terá uma área coberta de aproximadamente 3.000 m2 e a sua execução será financiada pelos donativos e legados oferecidos ao Núcleo Regional do Norte da Liga Portuguesa Contra o Cancro ao longo de vários anos, bem como de programas de financiamento europeus e de fundações que tenham incentivos económicos orientados para estas valências.
A parcela de terreno, com a área total de 9380 m2, com confrontações a norte com a Rua Albina Rosa Dias, a sul com a Domingos Domingues Alves, a nascente com a Mário Vasco Ferreira Barbosa e a poente com a Joaquim Teixeira, com acesso pela Rua Central do Seixo, na União de Freguesias de São Mamede de Infesta e Senhora da Hora.
 
O Pólo II dará a oportunidade de o público em geral aceder a espaços comuns, como por exemplo, o Auditório, a Cafetaria, Departamento de Educação para a Saúde, Laboratório de Investigação Pedagógica e à Oncotopia (museu de oncologia), Receção Principal e Parque de viaturas. Está definida uma zona de acesso mais controlado, destinada aos utentes que utilizem os serviços de apoio, nomeadamente ao Centro de Acolhimento Temporário, Centro de Reabilitação, Voluntariado e Lar, e destinada aos funcionários da instituição, nomeadamente no Centro de Investigação.
 
Por Núcleo Regional do Norte a 16 de Setembro 2019

Voltar

Sugestões

Apoios & Parcerias