Porque quem precisa, precisa de nós!

Contribua com o seu donativo

Notícias

Voltar

Marinha Grande recebe Caminha “Outubro Rosa”, em prol da prevenção do cancro da mama

09 de Outubro 2021
Marinha Grande recebe Caminha “Outubro Rosa”, em prol da prevenção do cancro da mama
No mês da prevenção do cancro da mama, a Marinha Grande recebe a caminha “Outubro Rosa”, desafiando a comunidade a juntar-se a este desafio de consciencialização para a prevenção e diagnóstico precoce.
O Núcleo Regional do Centro da Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC.NRC) encontra-se a promover o “Outubro Rosa”, uma iniciativa de âmbito nacional que tem como objetivo principal a consciencialização para a prevenção e diagnóstico precoce do cancro da mama, nomeadamente através do Rastreio. Centenas de iniciativas, na Região Centro, assinalam este mês de prevenção do cancro da mama, assim como a divulgação de informação e formas de apoio da Liga à mulher e família.
Na Marinha Grande, os voluntários(as) da LPCC.NRC, organizam no próximo dia 9 de outubro, pelas 15h00, a Caminhada “Outubro Rosa”, iniciativa que decorrerá sob o mesmo princípio das anteriores (e recentes) caminhadas realizadas: a premissa das caminhadas livres, efetuadas de forma individual ou em pequenos grupos. Os interessados apenas têm que fazer a sua inscrição que é obrigatória, junto dos(as) voluntários(as) da Liga, e no dia do evento dirigirem-se ao Parque da Cerca, a partir das 14h30, local de onde se inicia a participação. 
Integrar esta atividade implica, mais uma vez, o cumprimento de todas as orientações das Autoridades de Saúde, recomendando-se a utilização de máscara, desinfeção das mãos e o distanciamento físico.
Através do movimento “Outubro Rosa” a LPCC.NRC pretende desafiar a comunidade a juntar-se em torno do objetivo da sensibilização e difusão da mensagem de alerta para o diagnóstico precoce e rastreio, assim como promover sinergias com entidades diversas para aumentar o impacto da iniciativa.
Recordamos que o Cancro da Mama, se diagnosticado e tratado precocemente, tem uma taxa de cura superior a 90%. A melhor resposta é a prevenção. Segundo os dados estatísticos mais recentes (Globocan, 2021), em 2020, no nosso país, estima-se que mais de 7000 mulheres tenham sido diagnosticadas com cancro da mama, lamentando-se a morte de 1800 mulheres por esta doença. Cerca de 1 em cada 100 cancros da mama desenvolvem-se no homem.
 
 
Por Núcleo Regional do Centro a 01 de Outubro 2021

Voltar

Sugestões

Apoios & Parcerias