Conteúdo associado à tag: "cancro do ovário"

  • Notícia

    Mais de quatro em cada dez mulheres com mutações no gene BRCA1 vão desenvolver cancro do ovário até aos 80 anos

    Em 2018, surgiram, em Portugal, 574 novos casos de cancro do ovário, e no mesmo ano verificaram-se 412 mortes devidas a esta doença[1]. Apesar de apenas 1,3% das mulheres na população em geral virem a desenvolver cancro do ovário ao longo das suas vidas, a predisposição genética é um importante fator de risco para o desenvolvimento deste tumor. De facto, cerca de 44% das portadoras de mutações patogénicas no... Ler notícia
  • Notícia

    Sessão “As mutações genéticas BRCA e o cancro”

    Mais de quatro em cada dez mulheres com mutações no gene BRCA1 vão desenvolver cancro do ovário até aos 80 anos.Teste genético é essencial para a prevenção e tratamento do cancro do ovário.É para esclarecer questões relacionadas com os genes BRCA no desenvolvimento de diversos tipos de cancro, que a Evita, a Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC), a Sociedade Portuguesa de Genética Humana, a... Ler notícia
  • Página

    Apoio ao Doente

    Apoio ao DoenteO cancro do ovário e o seu tratamento podem originar outros problemas de saúde. Poderá receber cuidados de suporte para prevenir ou controlar estes problemas e melhorar o seu conforto e qualidade de vida.A equipa médica poderá ajudá-la a lidar com os seguintes problemas:Dor: o seu médico ou um especialista no controlo da dor, podem sugerir algumas formas para aliviar ou reduzir a dor.Abdómen inchado (devido à acumulação anormal de líquido - ascite): o inchaço pode... Ler mais
  • Página

    Métodos de Tratamento

    Tratamentos DisponíveisO médico pode descrever as possíveis opções de tratamento e resultados esperados. A maioria das mulheres é submetida a cirurgia e quimioterapia. A radioterapia raramente é utilizada.O tratamento do cancro pode afectar células cancerígenas na pélvis, no abdómen ou em todo o corpo:Tratamento local:  a cirurgia e a radioterapia são tratamentos locais, que removem ou destroem o cancro do ovário na pélvis. Quando o cancro atinge outras zonas do organismo, o... Ler mais
  • Página

    Tratamento

    O Tratamento do Cancro do OvárioMuitas doentes com cancro do ovário querem ter um papel activo nas decisões sobre os cuidados médicos que lhes são prestados. É natural querer saber o mais possível sobre a sua doença e as opções de tratamento. Conhecer melhor o cancro do ovário ajuda muitas mulheres a enfrentá-lo.Contudo, o choque e a tensão que as pessoas habitualmente sentem após um diagnóstico de cancro fazem com que seja difícil pensar em tudo o que gostariam de perguntar... Ler mais
  • Página

    Estadiamento

    Testes e EstadiamentoPara definir o melhor plano de tratamento, o médico necessita de conhecer o grau e extensão (estadio de evolução) da doença. A determinação do estadio baseia-se no facto de o tumor ter, ou não, invadido ou alastrado para tecidos adjacentes e, em caso afirmativo, para que outras partes do organismo.Regra geral, é necessário realizar uma cirurgia para se poder determinar o estadio de evolução. São retiradas amostras de tecido da pélvis e do abdómen para... Ler mais
  • Página

    Diagnóstico

    Formas de Diagnóstico do Cancro do OvárioSe tiver algum sintoma sugestivo da presença de cancro do ovário, o seu médico deverá averiguar se se trata de cancro e questioná-la sobre os seus antecedentes pessoais e familiares.Poderá ter de realizar um ou mais dos seguintes exames. O seu médico poderá explicar-lhe os exames detalhadamente:Exame físico:  o médico avalia o estado geral do doente, pressionando o abdómen para verificar a existência de um tumor ou uma acumulação... Ler mais
  • Página

    Sintomas

    Sintomas de AlertaO cancro do ovário em fase inicial não causa sintomas óbvios. Porém, à medida que o cancro evolui, podem surgir os seguintes sintomas:Pressão ou dor no abdómen, pélvis, costas ou pernas;Abdómen inchado ou sensação de “empanturrado”;Náuseas, indigestão, gases, obstipação (prisão de ventre) ou diarreia;Sensação constante de grande cansaço;Alguns sintomas menos frequentes são:Falta de ar;Vontade constante de urinar;Hemorragias vaginais invulgares... Ler mais
  • Página

    Factores de Risco

    Quem Está em RiscoNem sempre é possível explicar o porquê de algumas mulheres sofrerem de cancro do ovário e outras não. Contudo, sabe-se que uma mulher com determinados factores de risco está mais predisposta a ter cancro do ovário. Um factor de risco é algo que pode aumentar a probabilidade de vir a desenvolver uma doença.Estudos realizados determinaram os seguintes factores de risco para o cancro do ovário:Antecedentes familiares de cancro:  as mulheres cuja mãe, filha(s) ou... Ler mais
10 Resultados
Apoios & Parcerias