Projeto "Os Super Saudáveis"

Enquadramento

Os primeiros anos de vida da criança são um momento crucial para a aquisição de conhecimentos importantes ao nível da alimentação, possibilitando o desenvolvimento de hábitos alimentares saudáveis que poderão perdurar ao longo da vida.

Tendo por base este princípio, a Liga Portuguesa Contra o Cancro, desenvolveu o projeto "Os Super Saudáveis", dirigido a crianças do 1º Ciclo do Ensino Básico.

O projeto conta com o apoio institucional da Direção-Geral da Educação, Direção-Geral da Saúde e Associação Portuguesa de Nutrição e foi vencedor do Food & Nutrition Award 2018, na categoria de educação alimentar.

A intervenção educativa "Os Super Saudáveis" resulta de uma larga experiência da Liga Portuguesa Contra o Cancro na área da educação alimentar. Nos anos mais recentes, recorde-se o projeto Comer bem dá Saúde, que envolveu mais de 100 000 alunos, em todo o país.

Objetivos gerais

  1. Promover hábitos alimentares mais saudáveis;
  2. Apostar na diversidade alimentar e contribuir para reduzir o consumo de produtos ultraprocessados;
  3. Incentivar e capacitar pais e encarregados de educação para escolhas alimentares mais adequadas do ponto de vista nutricional; 

Dinâmica de projeto

No início do projeto cada aluno/a recebe um kit inicial, composto por uma caderneta (pequeno livro explicativo, com dicas sobre os alimentos) e cinco cartas de alimentos (água, azeite, batata, ovo e cenoura). Nas cinco semanas seguintes, um almoço e um lanche por semana deverão incluir um alimento com um poder super saudável.

Com a ingestão desses alimentos na escola, o professor entrega, ao aluno, as respetivas cartas. No total serão quinze cartas colecionáveis que representam alimentos saudáveis e que foram escolhidos com base nos grupos da roda dos alimentos.

Mas, por detrás desta dinâmica, está um trabalho de equipa bem articulado! A escola (professores, colaboradores não docentes, pais e encarregados de educação), as Equipas de Saúde Escolar e as Autarquias Locais devem ser elementos integrantes do projeto.

A Escola e os professores são elementos centrais na implementação do projeto e na definição da intervenção educativa. Assim, cabe à Escola, em articulação com o Município e a Equipa de Saúde Escolar:
  • Programar a atividade, definindo a calendarização para o consumo dos dez alimentos (dois novos alimentos por semana), durante as cinco semanas do projeto;
  • Garantir que os alimentos pré-definidos estão ao dispor das crianças – ao almoço, no refeitório escolar (em articulação com a autarquia) e ao lanche (em articulação com os pais e encarregados de educação);
  • Definir e implementar a dinâmica educativa que considere mais interessante.

Jogo de Cartas

O jogo tem por base cartas colecionáveis nas quais constam “super poderes” ou poderes fictícios conferidos pelos alimentos, em função do grupo alimentar da roda a que pertencem. O objetivo é “comer” as cartas dos adversários e ganha o jogador que ficar com todas as cartas na mão.
 
Regras
 • Jogam até ao máximo de 4 jogadores, cada um com as suas 15 cartas;
• Cada carta de alimento tem vários Super Poderes (Defesa, Força, Inteligência, Resistência e Velocidade) com um valor de 0 a 5;
• Cada ronda é relativa a 1 Super Poder:
  1. RONDA 1: DEFESA
  2. RONDA 2: FORÇA
  3. RONDA 3: INTELIGÊNCIA
  4. RONDA 4: RESISTÊNCIA
  5. RONDA 5: VELOCIDADE

Como jogar:
• Cada jogador baralha as suas cartas e coloca o baralho com as figuras para baixo. Todos os jogadores jogam com a carta no topo do seu baralho;
• Na ronda 1, cada jogador coloca a carta do topo do seu baralho na mesa. O jogador que tiver a carta com o poder Super Saudável de DEFESA mais alto, “come” as cartas dos outros jogadores;
• As cartas recolhidas pelo jogador vencedor ficam de fora do jogo;
• Na ronda 2, cada jogador coloca a carta seguinte do topo do seu baralho na mesa. O jogador que tiver a carta com o poder Super Saudável de FORÇA mais alto, “come” as cartas dos outros jogadores;
• O jogo segue com a ronda/super poder seguinte;
• Ganha o jogador que tiver mais cartas acumuladas.
 
Nota: Todos os materiais são cedidos às escolas gratuitamente.
Morada: Rua da Rosa, 26 | Angra do Heroísmo | 9700-171 Açores
Telefone: 295 212 345
E-mail: nucleoacores@ligacontracancro.pt
Morada: Rua Dr. António José de Almeida, nº 329 - 2º Sala 56 | 3000-045 Coimbra
Telefone: 239 487 490 
E-mail: educacao.nrc@ligacontracancro.pt
Morada: Rua Elias Garcia, Edifício Elias Garcia I, Bloco V, 1.º B 9050-023 Funchal
Telefone: 291 143 523
E-mail: ​​educacaosaude.nrm@ligacontracancro.pt
Morada: Estrada Interior da Circunvalação, nº 6657 | 4200- 172 Porto
Telefone: 22 549 24 23 | 22 542 06 83 (85)
E-mail: nucleonorte@ligacontracancro.pt
Morada: Rua Prof. Lima Basto | 1099-023 Lisboa
Telefone: 217 264 099 | 217 271 241
E-mail: nucleosul@ligacontracancro.pt

Página Inicial
Apoios & Parcerias