Voltar

Adília Carvalho

50 anos Mama, 1997, Doente
A todos aqueles que percorreram o caminho mais sinuoso do mundo... A todos aqueles que o estão a percorrer... A todos aqueles que o irão percorrer... Saibam que a esperança é a última a morrer... Saibam que com força e determinação tudo é mais fácil... Saibam também que se conseguirmos ultrapassar com garra e um sorriso no rosto todos os obstáculos, chegaremos ao fim da linha... E o fim da linha, para nós portadores de cancro, não é o fim de tudo, mas sim o início de uma nova vida.
Voltar

Outros Testemunhos

  • Olá, o meu nome é Eduarda. No passado dia 9 de março 2012, foi-me diagnosticado cancro de mama. Após um “longo” tratamento de quimioterapia, longo...Maria Cunha, 37 anos, Mama, 2012Ler mais
  • Todas as noites visito esta página para, de alguma forma, não me sentir só neste sofrimento que é perder a mãe (a melhor do mundo) com esta doença...Sara, 43 anos, Mama, 2014Ler mais
  • Chamo-me Eduardo Marques. 38 anos. Vendedor. Um homem, como outro qualquer. Com uma diferença para muitos outros, que o torna menos igual entre iguais -...Eduardo Marques, 38 anos, Mama, 2013Ler mais
  • Foi-me diagnosticado um cancro de mama há 5 anos num exame de rotina - mamografia e ecografia - que faço regularmente desde os 39 anos. Parecia bizarro,...Maria, 54 anos, Mama, 2006Ler mais
  • Em 2002 foi-me detetado um cancro da mama, onde me foi feita uma mastectomia total direita. Logo ao extraírem a mama foi-me colocado o expansor e passado...Isabel Boleto, 51 anos, Mama, 2002Ler mais
  • Em agosto de 2015 recebi a noticia mais amarga da minha vida: cancro de mama. E depois de fazer biópsia descobri que era um pouco mais complicado....Maria Martins, 51 anos, Mama, 2015Ler mais
Apoios & Parcerias