Voltar

Adília Carvalho

50 anos Mama, 1997, Doente
A todos aqueles que percorreram o caminho mais sinuoso do mundo... A todos aqueles que o estão a percorrer... A todos aqueles que o irão percorrer... Saibam que a esperança é a última a morrer... Saibam que com força e determinação tudo é mais fácil... Saibam também que se conseguirmos ultrapassar com garra e um sorriso no rosto todos os obstáculos, chegaremos ao fim da linha... E o fim da linha, para nós portadores de cancro, não é o fim de tudo, mas sim o início de uma nova vida.
Voltar

Outros Testemunhos

  • Foi-me detetado carcinoma de mama em novembro de 2010, com cirurgia em 01/02/2011 no IPO. Após resultado patológico, verificou-se que teria que ser...Adília Silva, 50 anos, Mama, 2010Ler mais
  • Após uma consulta de rotina de ginecologia, e consequente mamografia, foi-me diagnosticado carcinoma da mama no dia 27 de julho de 2012. Esse dia foi, sem...Cristina Caeiro, 41 anos, Mama, 2012Ler mais
  • Aprendi, durante o tempo em que estive doente, que cancro não é sinónimo de morte, mas sim sinónimo de luta!Apesar de ficarmos curadas, nunca mais...Custódia Esturra, 43 anos, Mama, 1995Ler mais
  • Tenho 37 anos e foi-me diagnosticado cancro da mama. Inicialmente o pânico apoderou-se de mim. Mas hoje estou pronta para lutar e sei que vou vencer....Carla, 37 anos, Mama, 2013Ler mais
  • Em abril de 2010 começou a jornada de exames que culminou em dezembro desse ano com o diagnóstico de cancro da mama. Quando a médica me disse que tinha...Paula Guerra, 39 anos, Mama, 2010Ler mais
  • Em julho de 2007 foi-me diagnosticado um cancro de mama. No dia do meu aniversário, 11-08-2007, o meu marido pediu-me em casamento à minha filha....Helena Pereira, 48 anos, Mama, 2007Ler mais
Apoios & Parcerias