Voltar

Adília Carvalho

50 anos Mama, 1997, Doente
A todos aqueles que percorreram o caminho mais sinuoso do mundo... A todos aqueles que o estão a percorrer... A todos aqueles que o irão percorrer... Saibam que a esperança é a última a morrer... Saibam que com força e determinação tudo é mais fácil... Saibam também que se conseguirmos ultrapassar com garra e um sorriso no rosto todos os obstáculos, chegaremos ao fim da linha... E o fim da linha, para nós portadores de cancro, não é o fim de tudo, mas sim o início de uma nova vida.
Voltar

Outros Testemunhos

  • Tenho 37 anos e foi-me diagnosticado cancro da mama. Inicialmente o pânico apoderou-se de mim. Mas hoje estou pronta para lutar e sei que vou vencer....Carla, 37 anos, Mama, 2013Ler mais
  • Nunca escrevi sobre este assunto em lado nenhum, mas parece-me que o meu testemunho pode dar esperança a outros. No ano 2000, o meu filho, na altura com 2...Maria Ferreira, 50 anos, Mama, 2004Ler mais
  • Eu tive cancro de mama. Quando soube, foi como se se abrisse um poço sem fundo, mas consegui com a força de amigos e família. Por isso, digo a quem tem...Graciete Santos, 38 anos, Mama, 2011Ler mais
  • Ao fim da tarde de 24 de dezembro de 2004, fiquei a saber que tinha cancro da mama. Um “belíssimo” presente de Natal! Fiz mastectomia, quimioterapia...Cláudia, 46 anos, Mama, 2004Ler mais
  • Em agosto de 2015 recebi a noticia mais amarga da minha vida: cancro de mama. E depois de fazer biópsia descobri que era um pouco mais complicado....Maria Martins, 51 anos, Mama, 2015Ler mais
  • Em janeiro de 2005 apercebi-me de um inchaço na mama esquerda, consultei o médico (…). Fiz anti-inflamatórios, antibióticos, mas nada, até que...Sandra Santos, 43 anos, Mama, 2005Ler mais
Apoios & Parcerias