Voltar

Alcides Manuel Gonçalves Horta

65 anos Colo-Rectal (Intestino), 2006, Doente
Em 1999, foi-me diagnosticado um cancro nas cordas vocais, originado em grande parte pelo tabaco. Fui operado e fiz trinta e cinco aplicações de radioterapia. Em 2006, foi-me diagnosticado um cancro no colon, fui operado e foi considerado que não precisava de tratamento. Em 2007, foi-me diagnosticado um terceiro cancro, desta vez no intestino grosso. Fui novamente operado e fiz tratamento de quimioterapia. Neste momento, vou a consultas de rotina. Sempre vi esta doença como uma doença normal e enfrentei-a sem medos e raivas mas sim com boa disposição e cara alegre.
Voltar

Outros Testemunhos

  • Sou enfermeira num serviço hospitalar de oncologia e, por isso, convivo todos os dias de muito perto com pessoas com cancro. O que não se espera, quando...Ana Raquel, 26 anos, Colo-Rectal (Intestino), 2013Ler mais
  • Em 2006 o meu pai faleceu com um cancro que, pelo percebo é raro e mortal, sarcoma, mais precisamente lipo-sarcoma. Sou filha única e foram tempos muito...Cristina Madeira, 36 anos, Colo-Rectal (Intestino), 2007Ler mais
  • Em setembro de 2009 foi-me diagnosticado cancro no intestino, depois de muitos dias de internamento no hospital (...). Em novembro do mesmo ano fui...Celina Rodrigues, 53 anos, Colo-Rectal (Intestino), 2009Ler mais
  • Sou testemunha não só de cancro colorretal como de cancro no cérebro. O meu pai teve a sorte de morrer com qualidade no IPO (tumor cerebral), mas até...Laura Castanheira, 38 anos, Colo-Rectal (Intestino), 2006Ler mais
  • Em 18 de janeiro de 2008, depois da ida ao WC, vi a sanita com muito sangue. Nesse dia, fui ao médico. Uma semana depois fiz uma colonoscopia. Foi-me...António Ferraz, 58 anos, Colo-Rectal (Intestino), 2008Ler mais
  • Em fevereiro de 2010 foi-me diagnosticado um adenocarcinoma da sigmoideia, ou seja, um tumor maligno no intestino, a 12 cm do reto, através de uma...Maria Vivaldo, 45 anos, Colo-Rectal (Intestino), 2010Ler mais
Apoios & Parcerias