Voltar

Alexandra Sofia Tiago Quelhas Guterres

43 anos Colo-Rectal (Intestino), 2014, Doente
Nestes quase dois anos aprendi a aceitar a minha doença mas não me deixei consumir por ela. Sou uma mulher feliz, na mesma, mãe de dois filhotes maravilhosos, com uma profissão que me realiza e que adoro e com uma família e amigos maravilhosos! A minha mensagem é mesmo essa...continuem a ser felizes, vivam intensamente, na mesma! Ajudem-se a si próprios e não se deixem consumir pela doença! Só assim podemos vencer e sair vitoriosos! Para mim uma ida à quimioterapia já se tornou numa rotina como outra qualquer, então não vale a pena ir triste ou desmoralizada! Mais vale por o meu melhor sorriso e aproveitar todos os momentos e experiências. E acreditem...é só mais uma vivência...dispensava...mas já que me tocou...então vamos a isso e vou tentar ajudar outros a reagir! Vou inscrever-me como voluntária, estou a educar os meus filhos para que convivam naturalmente com a doença e ajudem outras crianças a desmistificar essa palavra, quero aproveitar para dar de volta tudo o que tenho recebidos de todos, se possível em dobro!!!! Às equipas médicas, agradeço e elogio pois são brilhantes, de uma dedicação fenomenal, verdadeiros tesouros e é com o maior gosto que hoje fazem parte da minha vida! (...) O meu obrigada a quem ler este meu desabafo e espero que vos inspire!!!
Voltar

Outros Testemunhos

  • Fui ao médico por causa de uma constipação no dia 27 de Outubro de 2008 e duas horas depois foi-me confirmado cancro colorretal. Não tinha sintomas e...Anónimo, 55 anos, Colo-Rectal (Intestino), 2008Ler mais
  • Sou testemunha não só de cancro colorretal como de cancro no cérebro. O meu pai teve a sorte de morrer com qualidade no IPO (tumor cerebral), mas até...Laura Castanheira, 38 anos, Colo-Rectal (Intestino), 2006Ler mais
  • O meu Pai (Comandante reformado da Marinha) era um jovem de 63 anos muito bem disposto, divertido, gostava de aproveitar a vida, fazia desporto, passeava os...Frederica Lima, 26 anos, Colo-Rectal (Intestino), 2012Ler mais
  • Tudo começou em maio de 2011. Fui fazer uma colonoscopia, que estava em atraso há três anos e o resultado foi tumor maligno no intestino. No mesmo dia...Maria Silva, 55 anos, Colo-Rectal (Intestino), 2011Ler mais
  • Aos 17 anos eu e a minha irmã fizemos um teste genético devido aos vários casos de cancro do intestino na família. Aí foi...Lúcia Marçal, 26 anos, Colo-Rectal (Intestino), 2014Ler mais
  • O difícil é começar... O meu pai teve cancro no intestino. Foi operado, tendo ficado durante um ano com um saco (não me recordo do nome que lhe dão)....Sandra Martins, 40 anos, Colo-Rectal (Intestino)Ler mais
Apoios & Parcerias