Voltar

Ana

32 anos Cérebro, 2008, Familiar
Todos quanto a conheciam são unânimes em o afirmar: era uma senhora super ativa, cheia de vida e força, muita garra... Como é que é possível? Parece mentira!... Eu própria, às vezes, também ainda teimo em acreditar! Mas é a realidade! Em 3 meses vi a minha mãe a quem, de um dia para o outro, e sem mais queixas aparentes, para além de um anormal crescente cansaço nos últimos dias, ser operada para lhe retirarem um gliobastoma multiforme que lhe foi diagnosticado e falecer no dia seguinte a ter completado os seus 56 anos... Foram 3 meses de luta inglória, que não desejo a ninguém e que estou certa que quem com ela tem a infelicidade de se cruzar, não sabe, nem tem a exata noção da batalha que está a travar!.. .O Glioblastoma multiforme, ou GBM, é um tumor maligno e o mais comum no cérebro humano. Não é por o silenciarmos que ele deixa de existir e por isso é preciso falar, é preciso divulgar, é preciso esclarecer e é este o testemunho que pretendo passar.
Voltar

Outros Testemunhos

  • Uns dias antes de completar 44 anos, e 4 anos depois de passar por um carcinoma da tiroide, nunca pensei que a vida me fosse desafiar desta forma....Paula, 44 anos, Cérebro, 2018Ler mais
  • Em 2001, com 29 anos, tive uma convulsão epilética, sem saber o que era assustei-me e fui levada para o hospital. Fiz uma TAC seguida de RM, mostraram um...catarina Hnriques, 40 anos, Cérebro, 2001Ler mais
  • A 3 de Janeiro de 2009 acordei com a minha mulher, Marta Alexandre, a sofrer uma crise convulsiva, foi um dos maiores sustos da minha vida. Chamei de...Paulo Bastos, 39 anos, Cérebro, 2009Ler mais
  • Após 9 meses de dores de cabeça frequentes e intensas, aliadas a náuseas, recebi o pior dos diagnósticos: tumor cerebral (…). Às 18h daquele dia...Paula, 32 anos, Cérebro, 2010Ler mais
  • Há 9 anos foi diagnosticado, à minha irmã mais velha, um cancro na cabeça. Depois de uma luta que não foi justa, e depois de muito sofrimento, partiu...carla, 35 anos, CérebroLer mais
  • No dia 23 de Abril do corrente ano, estava bem disposta no serviço e do nada comecei a sentir-me mal e de repente fiquei sem sentir o lado...Sónia Dias, 43 anos, Cérebro, 2019Ler mais
Apoios & Parcerias