Porque quem precisa, precisa de nós!

Contribua com o seu donativo
Voltar

Ana

32 anos Tiróide, 2011, Doente
Por pura coincidência, descobri que tinha um carcinoma papilar na tiróide, em junho de 2010. Nunca me vou esquecer do dia, pois era o 60º aniversário do meu pai e lá aguentei toda a noite, numa festa, sem coragem para lhes dar a notícia... Decididamente, foi a parte pior, dar a notícia aos meus pais e ao meu marido (por telefone, pois tinha viajado). Felizmente, foi tudo muito rápido, nem deu tempo de pensar muito. No espaço de um mês, já tinha feito a operação e estava “nova”. No IPO descobri o que é olhar o cancro sem preconceitos e que não uma fatalidade. Toda a equipa foi absolutamente fantástica! Sei que o que passei não foi nada, comparado com tantos outros. A todos, uma vida feliz!
Voltar

Outros Testemunhos

  • Olá a todos!Em julho de 2010 foi-me diagnosticado um carcinoma papilar da tiroide. Nunca pensei que este fosse o tipo de coisas que acontecesse só aos...Eliana Barreto, 27 anos, Tiróide, 2010Ler mais
  • Foi no ano de 2011. Arrasou a minha vida, fui com ela ao médico depois de uma biópsia, então pensei: "não há-de ser nada, vai correr tudo bem". Mas...PAULA PAIS, 44 anos, Tiróide, 2011Ler mais
  • O hoje é dádiva!Viver o hoje com toda a intensidade ganhou outro significado na minha vida após o dia 5 de Janeiro de...Filipa Martinho, 36 anos, Tiróide, 2015Ler mais
  • Era saudável. Praticava exercício físico, fazia uma excelente alimentação, e tinha deixado de fumar há 3...Catarina, 34 anos, Tiróide, 2015Ler mais
  • CANCRO...Como lidar com este "palavrão"? Como ultrapassar este obstáculo?Tenho 35 anos e algo me fez pedir exames à...Ana, 35 anos, Tiróide, 2017Ler mais
  • Em 2002, foi-me detetado um nódulo na tiroide. Fui a uma consulta de um bom cirurgião, que aconselhou a remoção do nódulo imediatamente. Na primeira...Ana Moço, 33 anos, Tiróide, 2002Ler mais
Apoios & Parcerias