Voltar

Ana

18 anos Esófago, 2005, Familiar
Estávamos sentados à mesa da cozinha em nossa casa quando o meu tio, mais uma vez, se engasgou e, como de costume, a minha tia começou a ralhar com ele para comer mais devagar. Ele nem ligou, saiu a correr e foi para casa. Nesse momento, senti que se passava qualquer coisa.Decidiram então ir ao médico. Exames, exames e mais exames (…). Em pouco tempo, a nossa vida começou a ser isto. Todos os dias falávamos na situação, apesar de só ter 9 anos, entendia tudo e tinha medo do futuro. Medo do que o futuro nos podia trazer porque perder alguém é algo que nunca queremos. Em Maio, começaram as melhorias, já nem andava a dieta, uma notícia ótima para nós. O verão até foi razoável, festejámos o meu nono aniversário como se nada se passasse. Foi então que o fantasma voltou a atacar. Cada dia que passava, o meu tio estava pior. (…) No dia 3 de dezembro, tocou o telemóvel da minha mãe e percebi: tinha chegado a notícia. Tinha acontecido. Ele tinha partido. Tinha-nos deixado. Tinha deixado aquela cama de hospital vaga. Mas principalmente tinha parado de sofrer e isso foi o mais importante. Naquele momento sofri imenso, desatei aos pontapés a cama como se esta tivesse alguma culpa, mas tinha que deitar a minha raiva para fora. Fui acompanhada por um psicólogo que me ajudou imenso. Na altura queria ir ao funeral mas a minha mãe não deixou porque o meu tio era muito conhecido na nossa cidade e ia ser um funeral demasiado pesado para mim. Nesse momento, senti que a minha mãe não estava a ser justa mas hoje, apesar de ainda não ser mãe, sei que as mães só querem o melhor para os filhos e que ela só me queria proteger. Sinto uma enorme gratidão por isso.Sei que neste momento ele está lá em cima a olhar por quem gosto, para sempre.
Voltar

Outros Testemunhos

  • Em março de 2014, senti o chão fugir-me quando a minha mãe me liga a dizer que a endoscopia do meu pai acusou um carcinoma do esófago. Sou filha única...Isa Maia, 43 anos, Esófago, 2014Ler mais
  • Após um episódio de febre, o meu pai ficou um mês internado no Hospital a realizar exames de todo o tipo. Diagnóstico: Cancro no esófago. Os médicos...Luisa Cruz, 23 anos, Esófago, 2011Ler mais
Apoios & Parcerias