Voltar

Ana Carvalho

36 anos Pulmão, 2004, Familiar
Em 2000 foi diagnosticado ao meu pai cancro colo-rectal já em fase avançada mas, apesar da pouca esperança, ele venceu de uma forma surpreendente. Com dor, mas venceu. Após essa fase, voltou a aparecer em 2004 num pulmão, foi outra vez operado e mais uma vez venceu. Em 2007 novamente no outro pulmão, mais cirurgia e quimioterapia e radioterapia, tudo de novo e venceu. Em 2010 lá estava ele novamente com metástases em ambos pulmões e paragem de um rim, que ficou intoxicado. Esta fase foi talvez a pior pois eu ia-me casar e não podia cancelar, pois estava a desistir dele. Fomos em frente e o meu pai só dizia aos médicos que queria estar bom para o casamento da filha e batizado do netinho. Teve tanta coragem e força que mais uma vez venceu e, dois dias antes, lá estava ele com o rim a funcionar. Foi um dos dias mais angustiantes mas também mais felizes, vê-lo a levar-me ao altar. Chorei tanto de tanta alegria. Tê-lo ali foi maravilhoso e dei tanto valor pois não era só o meu pai a levar-me ao altar, era o meu pai “com saúde”. Desde então tem sido uma luta constante de idas ao médico, mais e mais tratamentos de quimioterapia oral. Sabemos que um dia a luta vai acabar e parece que está próxima, infelizmente. Para quem está a viver esta luta e para os familiares, vejam este exemplo de luta e, apesar de tudo, ele ainda não desistiu, nem nós família que se já lhe dávamos tanto valor ficamos a amá-lo ainda mais e mais. Felizmente nunca fumou, o que facilita bastante as recuperações. Muita coragem e apoio e não se deixem vencer jamais. Amo-te pai por seres tão forte e corajoso um exemplo de ser humano e de lutador.
Voltar

Outros Testemunhos

  • Sou uma doente oncológica desde 2005, ano em que me foi diagnosticado cancro do pulmão. Fui operada e fiz tratamentos de quimioterapia. Em julho de 2010...Maria Serrano, 53 anos, Pulmão, 2005Ler mais
  • Em junho de 2008 foi-me diagnosticado um cancro no pulmão, carcinoma de pequenas células em estado 3. Para mim, foi como o mundo fosse terminar porque nem...Arlindo, 46 anos, Pulmão, 2008Ler mais
  • Este foi o meu segundo cancro pois em 2008 fui operada ao colo do útero. Realizei quimioterapia, radioterapia e braquiterapia.Quando ouvi este...MARIA HENRIQUES, 69 anos, Pulmão, 2011Ler mais
  • Já tinha pensado deixar aqui o meu testemunho quando este caminho começou, mas achava que ainda estava tudo no início para poder fazer a diferença. Não...Vanda Santos, 23 anos, Pulmão, 2011Ler mais
  • Após o falecimento do meu pai em 1/11/2013 com enfisema pulmonar, em janeiro foi-me diagnosticado adenocarcinoma do pulmão com metáteses na cabeça....Carla Matias, 43 anos, Pulmão, 2014Ler mais
  • O meu tio (a quem eu era muito chegada) teve cancro do pulmão. A primeira vez, ele lutou e conseguiu vencer. Mas acabou por voltar. Eu (antes de sabermos...Adriana S.M, 14 anos, PulmãoLer mais
Apoios & Parcerias