Voltar

Ana Luísa Oliveira

30 anos Linfoma Não Hodgkin, 2012, Familiar
Boa tarde! Sou a filha de uma mulher ribatejana, de 55 anos, a quem foi diagnosticado, no passado agosto, um Linfoma Não Hodgkin de grandes células (na zona abdominal)... Após muitos exames e idas a hospitais, chegámos ao IPO. Temos sido muito bem recebidas, o processo foi muito rápido e a minha mãe fez hoje a segunda sessão de quimioterapia (são 8 de 3 em 3 semanas). Depois do choro, do pânico, até chegarmos ao IPO, passámos um bocado de tormentas, medo, questões... Mas assim que chegámos a este lugar onde todos os sonhos são possíveis, passámos a acreditar e caminhámos com esperança, otimismo, brincadeira e coragem nesta viagem alucinante que é a vida! (…) Bem-haja! Tudo de bom! Não se esqueçam de caminhar sempre com os vossos sonhos.
Voltar

Outros Testemunhos

  • Quando me foi diagnosticada a doença, a questão que coloquei imediatamente ao médico foi a de saber o que é que se tinha de fazer para atacar...Carlos Pereira, 49 anos, Linfoma Não Hodgkin, 2000Ler mais
  • O cancro pode derrubar sonhos e impossibilitar projetos. Mas também pode ajudar a crescer e a ver a vida de uma perspectiva totalmente diferente.Tudo...Susana Lino, 42 anos, Linfoma Não Hodgkin, 2004Ler mais
  • Tinha 14 anos quando me foi diagnosticado o cancro. Fui sempre feliz durante esse tempo. Cortei o cabelo e arranjei imediatamente uma alcunha a mim mesma -...Marine Antunes, 22 anos, Linfoma Não Hodgkin, 2004Ler mais
  • Partilho este capítulo da minha vida com todos aqueles, que no desfolhar do livro das suas vidas, lhes foi diagnosticado um cancro. Palavra que nos abala e...Barbara Machado, 25 anos, Linfoma Não Hodgkin, 2010Ler mais
  • Olá a todos! Soube mais ou menos há cerca de um mês que o meu avô tem cancro. Desde o início desta luta que estou ao lado dele, todos os dias. O meu...Margarida Mendes, 17 anos, Linfoma Não Hodgkin, 2015Ler mais
  • Olá!Ao ler ‘testemunhos’ fico sensibilizada com a vossa coragem…Mas depois fico a pensar que passei pelo mesmo (...) Só que eu não tive...maria regadas, 66 anos, Linfoma Não Hodgkin, 2010Ler mais
Apoios & Parcerias