Voltar

Ana Marta Melo

19 anos Linfoma Hodgkin, 2010, Doente
Não existem palavras certas para descrever aquilo que senti e aquilo que sentiram as pessoas que me rodeiam quando descobrimos que algo não estaria bem. Foi no passado mês de agosto, depois de umas férias ótimas, que comecei a sentir-me demasiado cansada, com febres muito estranhas, com dores em todo o corpo e realmente algo não estava bem. Dirigi-me ao Hospital e depois de várias análises e consultas segui para um pneumologista. Detetaram-me um Linfoma de Hodgkin, no estádio II. Entrei em choque mas nada me impediu de pensar que ia ultrapassar tudo isto, perguntei: “O que tenho de fazer agora?”- E assim começaram 7 meses de quimioterapia e mais um mês de radioterapia. Costumavam dizer que eu é que dava força àqueles que me rodeavam! Afinal estava a lutar por uma coisa legítima, a minha vida. Passado este tempo, consegui “matar o bichinho" que estava dentro de mim! E com isto quero demonstrar a todas as pessoas que com muita força, esperança, força de vontade e muita garra conseguimos ultrapassar tudo! Boa sorte a todos.
Voltar

Outros Testemunhos

  • Em fevereiro de 2005, devido a uma dor que sentia numa axila, fui ao médico, que na altura optou por fazer uma ecografia seguida de biópsia, em que foi...Vera Baltar, 31 anos, Linfoma Hodgkin, 2005Ler mais
  • Tinha eu 16 anos quando soube que o meu pai estava doente. Foi-lhe detetado um linfoma de Hodgkin e passei momentos bastante complicados. A cada dia que...Pedro Lemos, 19 anos, Linfoma Hodgkin, 2008Ler mais
  • Tenho 19 anos e estou doente. Em julho de 2011, pensava eu que ia ter umas férias de verão tranquilas junto dos meus amigos, a apanhar banhos de sol e a...Eduardo Lopes, 19 anos, Linfoma Hodgkin, 2011Ler mais
  • Em setembro de 2013, foi-me diagnosticado um linfoma de Hodgkin. Nos primeiros tempos, não tinha caído em mim e pensava: “Isto está mesmo a...Filipe Costa, 23 anos, Linfoma Hodgkin, 2013Ler mais
  • Tudo começou numa tarde de calor, em que estava com um grupo de amigos e o meu namorado no rio.Na manhã seguinte, ao acordar, apalpei um diminuto...Débora Faria, 22 anos, Linfoma Hodgkin, 2014Ler mais
  • Julgo que a minha história poderá ajudar alguém doente e a sua família e também a demonstrar que o cancro não...Paulo Batista, 54 anos, Linfoma Hodgkin, 2006Ler mais
Apoios & Parcerias