Voltar

Ana Marta Melo

19 anos Linfoma Hodgkin, 2010, Doente
Não existem palavras certas para descrever aquilo que senti e aquilo que sentiram as pessoas que me rodeiam quando descobrimos que algo não estaria bem. Foi no passado mês de agosto, depois de umas férias ótimas, que comecei a sentir-me demasiado cansada, com febres muito estranhas, com dores em todo o corpo e realmente algo não estava bem. Dirigi-me ao Hospital e depois de várias análises e consultas segui para um pneumologista. Detetaram-me um Linfoma de Hodgkin, no estádio II. Entrei em choque mas nada me impediu de pensar que ia ultrapassar tudo isto, perguntei: “O que tenho de fazer agora?”- E assim começaram 7 meses de quimioterapia e mais um mês de radioterapia. Costumavam dizer que eu é que dava força àqueles que me rodeavam! Afinal estava a lutar por uma coisa legítima, a minha vida. Passado este tempo, consegui “matar o bichinho" que estava dentro de mim! E com isto quero demonstrar a todas as pessoas que com muita força, esperança, força de vontade e muita garra conseguimos ultrapassar tudo! Boa sorte a todos.
Voltar

Outros Testemunhos

  • Eu que sempre gostei de estar com os meus amigos e poder ir a um bar e beber um copo, de um momento para o outro fiquei intolerante ao álcool. Mal...Janine Pinto, 27 anos, Linfoma Hodgkin, 2018Ler mais
  • Em setembro de 2013, foi-me diagnosticado um linfoma de Hodgkin. Nos primeiros tempos, não tinha caído em mim e pensava: “Isto está mesmo a...Filipe Costa, 23 anos, Linfoma Hodgkin, 2013Ler mais
  • Tudo começou com um “alto” no pescoço. Pequeno. Não me incomodava e apenas dei por ele por acaso, ao ver-me ao espelho. Achei estranho e tentei...Cláudia Bandeira, 31 anos, Linfoma Hodgkin, 2010Ler mais
  • Bem, nem sempre é fácil escrever aquilo pelo que passamos. Nem sempre é fácil transmitir o que sentimos através de palavras. Mas após algum tempo a...Filipe Garcia, 21 anos, Linfoma Hodgkin, 2008Ler mais
  • Vencer é a palavra de ordem!Início de 2012 cansada, e até algo deprimida, alto no peito, deve ser coluna... pensei, longe estava do que realmente...claudia neves, 45 anos, Linfoma Hodgkin, 2012Ler mais
  • Tudo começou numa tarde de calor, em que estava com um grupo de amigos e o meu namorado no rio.Na manhã seguinte, ao acordar, apalpei um diminuto...Débora Faria, 22 anos, Linfoma Hodgkin, 2014Ler mais
Apoios & Parcerias