Voltar

Ana Raquel Marques

32 anos Pulmão, 2014, Familiar
Estive hesitante em deixar o meu testemunho, mas assim poderei dar força e coragem a outras pessoas.Foi diagnosticado cancro do pulmão ao meu marido, há cerca de 3 semanas. Posso dizer que o meu mundo desabou. Temos uma filha com 24 meses e eu só pensava o que seria dela e como iria reagir o meu marido assim que se apercebesse da gravidade da doença.Gritei e chorei muito...Após saber o seu diagnóstico, o meu marido teve uma reação surpreendente! Apesar de perguntar o porquê de ser ele, ganhou uma força enorme dando força a quem está a seu lado.Admiro a coragem, a força de vontade e a luta que trava todos os dias com esta doença que o assombrou a ele e a toda a nossa família.Esta semana fez o primeiro tratamento de quimioterapia. Dentro dos possíveis, até tem passado bem. Vamos ver como vão correr os próximos (...).Aproveito para agradecer a toda a família que nos tem ajudado e nos tem dado força.Uma mensagem em especial para o meu marido: "Grandes batalhas só são dadas a grandes guerreiros". Amo-te!
Voltar

Outros Testemunhos

  • Passaram três anos desde que o meu marido partiu. Já vivi 1114 dias sem a sua presença física. Foram dias muito duros. Foram dias em que mostrei uma...Ana Antunes, 47 anos, Pulmão, 2006Ler mais
  • Depois de ler vários testemunhos, achei por bem dar a conhecer o meu com o intuito de poder ajudar alguém dando-lhe força para superar cada dia que...Luis Bernardo, 56 anos, Pulmão, 2010Ler mais
  • Já tinha pensado deixar aqui o meu testemunho quando este caminho começou, mas achava que ainda estava tudo no início para poder fazer a diferença. Não...Vanda Santos, 23 anos, Pulmão, 2011Ler mais
  • Após o falecimento do meu pai em 1/11/2013 com enfisema pulmonar, em janeiro foi-me diagnosticado adenocarcinoma do pulmão com metáteses na cabeça....Carla Matias, 43 anos, Pulmão, 2014Ler mais
  • Vivi intensamente esta doença através do meu pai a quem foi diagnosticado um cancro pulmonar em 2005. Venceu algumas batalhas mas a sua luz apagou-se em...Joaquim Moreira, 36 anos, Pulmão, 2005Ler mais
  • Vou deixar aqui mais um testemunho, a mim já não me ajuda mas pode ajudar alguém já que enquanto a minha mãe estava...André, 25 anos, Pulmão, 2016Ler mais
Apoios & Parcerias