Voltar

Ana Rey

36 anos Cérebro, 2012, Doente
A 27 de Novembro de 2011 acordei durante a noite a vomitar, com sinais de incontinência e mordedura da língua. Fui orientada pela minha médica para realização de exames, que revelaram a presença de um tumor, que apenas foi possível remover parcialmente. Realizei 27 sessões de radioterapia, sem nenhuma complicação. O tumor continua estável e nunca mais tive nenhuma crise convulsiva. Embora esteja numa fase precoce da doença, acredito que tudo vai correr bem e que vou continuar a ser muito feliz com o apoio incondicional da minha família e dos meus amigos. Nunca desistam...Vivam o presente!
Voltar

Outros Testemunhos

  • Percorri com atenção os diversos testemunhos aqui apresentados e não consegui, de certo modo, chegar a uma conclusão: não há aqui testemunhos de...Maria Edite, 54 anos, Cérebro, 2001Ler mais
  • A 3 de Janeiro de 2009 acordei com a minha mulher, Marta Alexandre, a sofrer uma crise convulsiva, foi um dos maiores sustos da minha vida. Chamei de...Paulo Bastos, 39 anos, Cérebro, 2009Ler mais
  • Após 9 meses de dores de cabeça frequentes e intensas, aliadas a náuseas, recebi o pior dos diagnósticos: tumor cerebral (…). Às 18h daquele dia...Paula, 32 anos, Cérebro, 2010Ler mais
  • Há 9 anos foi diagnosticado, à minha irmã mais velha, um cancro na cabeça. Depois de uma luta que não foi justa, e depois de muito sofrimento, partiu...carla, 35 anos, CérebroLer mais
  • Tinha 30 anos quando descobri pela primeira vez que tinha cancro cerebral. Estava a conduzir quando tive uma crise convulsiva e desmaiei. Se o meu marido...Isabel Lobo, 39 anos, Cérebro, 2008Ler mais
  • Em dezembro de 2018 comecei a ter algumas dores de cabeça, pensei que era normal e automediquei-me (…) para as dores, dores essas que acabaram...Paula, 39 anos, Cérebro, 2019Ler mais
Apoios & Parcerias