Voltar

Anónimo

55 anos Colo-Rectal (Intestino), 2008, Doente
Fui ao médico por causa de uma constipação no dia 27 de Outubro de 2008 e duas horas depois foi-me confirmado cancro colorretal. Não tinha sintomas e só por um acaso foi detetado. Fui operada, estive naquele patamar que “não sabia se ia ou se ficava” mas cá estou eu, para partilhar tão dolorosa experiência. Não desisto, não baixei os braços, não me isolei, tive o suporte incondicional da família, amigos e colegas de trabalho. Não é fácil gerir esta nova realidade mas aprendemos a viver com certas limitações. Claro que tive medo, muito medo de partir e deixar tanto por fazer. Com esta nova oportunidade de vida que Deus me deu, tento ser uma pessoa melhor, viver um dia de cada vez, aproveitando cada momento. Ainda agora cheguei da minha caminhada diária (…). Força a todos e vamos tentar ser felizes.
Voltar

Outros Testemunhos

  • Em Novembro e 2016 foi diagnosticado cancro à minha mãe. Posso dizer que foi sem dúvida o pior dia da minha vida, o mundo desabou,...Vânia, 23 anos, Colo-Rectal (Intestino), 2016Ler mais
  • O meu marido nunca teve qualquer problema de saúde. Tinha 43 anos e era desportista, tendo hábitos de vida muito saudáveis. Em janeiro de 2011 começou a...Ana Queiroz, 41 anos, Colo-Rectal (Intestino), 2011Ler mais
  • Sou enfermeira num serviço hospitalar de oncologia e, por isso, convivo todos os dias de muito perto com pessoas com cancro. O que não se espera, quando...Ana Raquel, 26 anos, Colo-Rectal (Intestino), 2013Ler mais
  • Aos 17 anos eu e a minha irmã fizemos um teste genético devido aos vários casos de cancro do intestino na família. Aí foi...Lúcia Marçal, 26 anos, Colo-Rectal (Intestino), 2014Ler mais
  • Sou testemunha não só de cancro colorretal como de cancro no cérebro. O meu pai teve a sorte de morrer com qualidade no IPO (tumor cerebral), mas até...Laura Castanheira, 38 anos, Colo-Rectal (Intestino), 2006Ler mais
  • No ano de 2008 foi diagnosticado um cancro da mama à minha mãe. Quando a minha irmã me contou eu não queria acreditar... Chorei!! Seguiram-se exames,...Tania, 23 anos, Colo-Rectal (Intestino), 2010Ler mais
Apoios & Parcerias