Voltar

Augusto Batista Lourenço

70 anos Pulmão, 2009, Doente
Foi-me diagnosticado um tumor no pulmão esquerdo em julho de 2009. Foi-me dito que apenas se poderia fazer tratamento, pois a cirurgia era inviável devido ao ponto em que o mesmo se encontrava. Tinha 7,2 centímetros. Fiz quimioterapia entre setembro e dezembro/2009. Com cerca de quatro sessões, o tumor reduziu para cerca de 3 centímetros, o que levou a pensar-se na intervenção cirúrgica, ao que acedi, mais a título de experiência do que esperando a cura. Fui operado no dia 6 de janeiro de 2010, tendo surgido uma grave complicação, pois ao fazerem a raspagem da veia aorta esta rasgou, o que obrigou a que fosse implantada uma prótese. Após 4 dias de coma induzido "ressuscitei". Quero aqui prestar a minha homenagem aos médicos que me acompanharam por todo o trabalho esforço e dedicação que tiveram comigo nesse dia. Hoje, encontro-me curado, faço exames de rotina que têm sido sempre favoráveis. Àqueles que se encontram sofrendo desta doença quero deixar aqui um apelo muito grande: tenham força e coragem, pois é fundamental para vencer a doença.
Voltar

Outros Testemunhos

  • Vivi intensamente esta doença através do meu pai a quem foi diagnosticado um cancro pulmonar em 2005. Venceu algumas batalhas mas a sua luz apagou-se em...Joaquim Moreira, 36 anos, Pulmão, 2005Ler mais
  • Após o falecimento do meu pai em 1/11/2013 com enfisema pulmonar, em janeiro foi-me diagnosticado adenocarcinoma do pulmão com metáteses na cabeça....Carla Matias, 43 anos, Pulmão, 2014Ler mais
  • De muito novo lidei com esta doença cobarde! Não diretamente, mas em 2003 foi diagnosticado um cancro no pulmão à minha mãe. Todo o processo de...Renato Graça, 27 anos, Pulmão, 2003Ler mais
  • Recomeçar não é mais que isso mesmo - voltar a começar. Voltar a começar algo que deixou de ter continuidade, que ficou perdido ou que deixou de fazer...Ana Antunes, 48 anos, Pulmão, 2006Ler mais
  • Neste ano de 2012, foi diagnosticado ao meu pai cancro no pulmão com metástases na cabeça. Estava a trabalhar no Algarve quando o meu pai começou a...Sandra Félix, 30 anos, Pulmão, 2012Ler mais
  • Quando o meu marido me disse que tinha um tumor no pulmão senti o mundo a desabar. A vida continuava lá fora, da nossa casa, da nossa família, mas já...Ana Antunes, 46 anos, Pulmão, 2007Ler mais
Apoios & Parcerias