Voltar

Christiane Arnold

67 anos Colo do Útero, 2005, Doente
Nunca pensei que podia ser comigo, tinha uma saúde de ferro e as doenças más só acontecem aos outros: tinha 55 anos e um carcinoma do colo do útero grau IIA. Enfrentei o medo e a angústia graças ao apoio dos meus filhos, amigos, colegas de trabalho e técnicos de saúde do IPO.
Fiz quimioterapia, radioterapia e braquiterapia, este último tratamento sendo a fase mais traumatizante do processo, mutilante e que me deixou marcas físicas e psicológicas para sempre. Passados quase 12 anos ainda estou viva.
Em finais de 2015, exactamente 10 anos mais tarde, a doença voltou a bater à minha porta, desta vez neoplasia da mama, felizmente numa fase precoce de desenvolvimento. Como era repetente aceitei sem medo, com calma e optimismo a cirurgia e a radioterapia.
É preciso não desanimar, não ter medo da palavra cancro e confiar na medicina e na investigação que, hoje em dia, oferecem muitas possibilidades de tratamento.
Voltar

Outros Testemunhos

  • Eu tive infelizmente esta doença cancro do colo do útero, o que me trouxe uma grande angústia e algum sofrimento mas, nos dias de hoje, encontro-me bem....maria ferreira, 44 anos, Colo do Útero, 2005Ler mais
  • Não posso deixar de dizer algo que pode não ser tão breve, mas que cada linha dê mais força a todos os que a leem que a anterior! Já vivi um carcinoma...Rosi Gomes, 47 anos, Colo do ÚteroLer mais
  • Com o nascimento do meu terceiro filho, fui chamada para fazer o papanicolau, rotina. Passado uns dias recebi a chamada, a tal chamada que ninguém...Marilda, 29 anos, Colo do Útero, 2019Ler mais
  • No ano passado fiz um exame citológico cujo resultado foi anormal. Iniciou-se um processo de idas ao médico,...Zélia, 43 anos, Colo do Útero, 2017Ler mais
  • Há apenas um mês fui diagnosticada com cancro do colo do útero. Já fiz todos os exames e logo começarei o meu tratamento, que será radioterapia e...Iza Silva, 27 anos, Colo do Útero, 2012Ler mais
  • Olá, chamo-me Andreia e a história que vos vou contar felizmente teve e tem um "final feliz". Tudo começou em 2002, tinha eu 8 anos quando descobri que...Andreia Monteiro, 21 anos, Colo do Útero, 2002Ler mais
Apoios & Parcerias