Voltar

Clara

25 anos Tiróide, 2009, Doente
Aproveito para dar o meu testemunho. Tudo começou em outubro de 2009. Tinha 23 anos, tinha acabado de casar, tinha um emprego novo de que gostava, tudo corria bem... Quando, através de um exame de rotina, descobri que tinha um carcinoma papilar na tiroide. Lembro-me quando fui buscar o resultado e o li, ainda no local onde fiz as análises, fiquei sem chão, sem saber o que pensar, nem o que sentir...! Cheguei a casa e só consegui dizer ao meu marido “Eu não quero morrer, eu tenho medo...” Depois do choque inicial fui logo vista e operada em novembro, fiquei sem tiroide. Em janeiro fiz o tratamento com iodo-radioativo, que me custou imenso por estar sozinha numa altura em que estava mesmo vulnerável mas só pensava que tenho de conseguir e sair bem disto tudo! Em fevereiro deste ano fiz a análise para ver os valores tumorais e, na semana passada, fiquei a saber o resultado: Estou curada! Esta também foi uma altura em que a sensação foi estranha, um misto de alegria (é claro!) com leveza, alívio. Acho que só quem passa por uma situação assim consegue perceber a que me refiro. Hoje, após quase dois anos de incerteza e medo posso dizer que estou curada e venci esse maldito cancro. Para isso, contei com o apoio incondicional do meu marido, dos meus pais e sogros, dos meus irmãos e cunhados, dos amigos e dos meus queridos sobrinhos... Era quando olhava para estes últimos que pensava: “Não posso desistir, a vida ainda está a começar”. Assim sendo, dou graças a Deus por toda a ajuda que me deu e por estar viva: vale a pena viver e lutar pelo que acreditamos. E, por isso, a única mensagem que posso passar é: nunca desistam, lutem pelo que acreditam e muita força e coragem, é o que posso desejar de melhor quer para os doentes, quer para os familiares e amigos que são o nosso alicerce.
Voltar

Outros Testemunhos

  • Em agosto de 2002 fui fazer uma ressonância magnética à coluna vertebral e qual foi o meu espanto quando o médico disse que deveria procurar com...Maria Barreiros, 50 anos, Tiróide, 2002Ler mais
  • Nunca perder a esperança colaborar com os médicos. Não ter medo de falar sobre a doença porque ao falar ajuda-nos a nós e a outros doentes a terem mais...Anónimo, 53 anos, Tiróide, 2010Ler mais
  • Boa tarde!Em 2011 foi-me diagnosticado cancro da tiróide, tinha eu 21 anos. Nessa altura, fiquei bastante triste e revoltado com tudo. Mas estou aqui e...Filipe Simão, 23 anos, Tiróide, 2011Ler mais
  • Olá! Eu sou a Ulrika e tive um cancro na tiróide - clinicamente falando um carcinoma papilar da tiroideia. Já passaram 12 anos, mas não me esqueço do...Ulrika, 37 anos, Tiróide, 2000Ler mais
  • Depois de ler todos estes testemunhos, noto que (quase) todos pensamos o mesmo: “A mim não me vai acontecer nada!” Mas acontece, aconteceu e continua a...Clara Vasconcelos, 26 anos, Tiróide, 2009Ler mais
  • O que está aqui escrito é mais um desabafo que um testemunho. É difícil encontrar alguém com quem possamos falar sobre este tema ainda tão tabu na...Tânia Neto, 18 anos, Tiróide, 2009Ler mais
Apoios & Parcerias