Voltar

daniela

25 anos Outro, 2011, Familiar
Espero que estas palavras ajudem para uma chamada de atenção. Perdi o meu pai há 15 dias, com uma neoplasia oculta. Tudo começou com uma dor no ombro. Uma pessoa por vezes não liga a certos sintomas e para não preocupar as pessoas que amamos não nos queixamos. Quando o fazemos é tarde de mais... Ele só tinha 54 anos. Procurem ajuda médica nos primeiros sintomas e lutem sempre. O meu pai foi um vencedor no meio disto tudo. Descobrimos a doença 15 dias antes de ele falecer, mas já não se podia fazer nada; mesmo assim, nunca desistiu, esteve sempre lúcido e, apesar das dores, tinha muita força de vontade... Por isso, lutem sempre e pedir e aceitar ajuda não é vergonha. Façam exames... Lutem por uma vida melhor.
Voltar

Outros Testemunhos

  • Sou esposa de um doente oncológico. (…) Gostava muito de ter uma história com um final feliz mas retiro desta experiência o amor, o apoio e o carinho...Lucia Teixeira, 29 anos, Outro, 2012Ler mais
  • Sou o Rui e tenho 33 anos. No dia 5 de março de 2015, senti-me muito mal, com muitas hemorragias e febre muito alta, que não me permitiam sequer...rui fernandes, 33 anos, Outro, 2015Ler mais
  • Na sequência de dores abdominais e febre que não passava fui às urgências onde me detetaram uma apendicite. Fui de imediato, por ordem do médico,...Isabel Frade, 53 anos, Outro, 2001Ler mais
  • Olá a todos! Chamo-me Cristiana. Sou uma doente oncológica. O cancro é uma das doenças piores do mundo. Fiz exames e detetaram-me cancro. Fiz 6 sessões...Cristiana, 9 anos, Outro, 2009Ler mais
  • Diagnosticaram cancro da mama à minha mãe no ano passado. Hoje passou um ano e parece estar tudo bem. Nunca duvidei que era assim que as coisas iam ficar....Carolina Ferreira, 23 anos, Outro, 2012Ler mais
  • Em novembro, a minha mãe foi para o hospital. Já há alguns meses que andava em baixo, sem forças, não comia. Então resolvemos levá-la ao hospital....Rafaela Clara, 21 anos, Outro, 2012Ler mais
Apoios & Parcerias