Voltar

Débora Azevedo Faria

22 anos Linfoma Hodgkin, 2014, Doente
Tudo começou numa tarde de calor, em que estava com um grupo de amigos e o meu namorado no rio.Na manhã seguinte, ao acordar, apalpei um diminuto gânglio inchado no pescoço. Liguei para minha mãe e ela marcou logo consulta com a médica de família. Fiz exames e chegou o dia da biópsia. Fiquei nervosa mas uma pessoa nunca acredita que é com a gente que vai acontecer. Aí começou o meu pesadelo. A primeira semana foi horrível, pensei sempre no pior até porque não estava sequer informada em relação à minha doença. Até que me informei e soube que havia 95% de hipóteses de eu me curar. Tudo mudou na minha cabeça e pensei: eu vou ganhar esta batalha e agarrei-me com força à minha fé, ao meu S. Bentinho e vamos lutar! Pensei muito na grande guerreira que perdi em setembro de 2013: a minha madrinha, vítima de doença oncológica. Sem contar que tive pessoas boas que tentavam encher os meus dias de alegria e fazer com que eu levasse uma vida completamente normal, graças ao apoio incondicional, principalmente da minha mãe e do meu namorado. Em todos os tratamentos, em todas as consultas, estiveram sempre lá. (…) Passado 1 mês de ter terminado a quimioterapia, comecei a radioterapia e entretanto já terminei. Vou poder começar a levar a minha vida normal, agradeço bastante a toda a equipa médica que foi 20★!Nunca percam a fé e pensem sempre que o melhor está por vir! "Deus dá grandes batalhas aos seus melhores soldados".
Voltar

Outros Testemunhos

  • Nunca mais me esqueço do dia em que recebo uma chamada do médico que me operou à zona da virilha e me disse “Ricardo, a situação é urgente”. A...Ricardo Mota, 30 anos, Linfoma Hodgkin, 2012Ler mais
  • Tudo começou pela altura do Natal em 2012. Andava cansada, com suores, febre, perda de peso e, na altura, estive com varicela (…). Tudo me cansava, já...Inês Marques, 26 anos, Linfoma Hodgkin, 2013Ler mais
  • Sou a Joana e tenho 17 anos. Em fevereiro deste ano foi-me diagnosticado Linfoma de Hodgkin. Era uma rapariga que tinha uma vida completamente oposta à que...Joana Seixas, 17 anos, Linfoma Hodgkin, 2011Ler mais
  • Julgo que a minha história poderá ajudar alguém doente e a sua família e também a demonstrar que o cancro não...Paulo Batista, 54 anos, Linfoma Hodgkin, 2006Ler mais
  • Eu que sempre gostei de estar com os meus amigos e poder ir a um bar e beber um copo, de um momento para o outro fiquei intolerante ao álcool. Mal...Janine Pinto, 27 anos, Linfoma Hodgkin, 2018Ler mais
  • Olá! O meu nome é Ana, tenho 23 anos e no ano passado foi-me diagnosticado um linfoma de Hodgkin. Em plena juventude, o dia do diagnóstico levou um pouco...Ana Cláudia, 23 anos, Linfoma Hodgkin, 2011Ler mais
Apoios & Parcerias