Voltar

Ediléia Marcão

33 anos Linfoma Não Hodgkin, 2008, Amigo
Hoje vivo uma vida normal: tenho 33 anos, estou na faculdade, trabalho e tenho três maravilhosos filhos. Mas, em 2008 (na época tinha 24 anos), descobri um linfoma no timo. Fiz todos os tratamentos de quimioterapia e quando estava a fazer radioterapia descobri uma gestação de gémeos. Hoje o meu filho Davi tem 7 anos. Infelizmente acabei por perder o outro para Deus que me socorre todos os dias, mas posso dizer que não tenho mais vestígios da doença. Nove anos depois ainda tenho mais uma flor com que Deus me abençoou, a Maria. Tenho uma fé inabalável e por isso deixo o seguinte lema: FOCO, FÉ e FORÇA .
 
Voltar

Outros Testemunhos

  • Sou a Ana Margarida Dinis, tenho 37 anos, 2 filhos e uma família fantástica... No meu caso, saber o que era “aquilo que eu tinha” foi um alívio......Ana Dinis, 36 anos, Linfoma Não Hodgkin, 2012Ler mais
  • Olá!Ao ler ‘testemunhos’ fico sensibilizada com a vossa coragem…Mas depois fico a pensar que passei pelo mesmo (...) Só que eu não tive...maria regadas, 66 anos, Linfoma Não Hodgkin, 2010Ler mais
  • Venho aqui deixar o meu testemunho enquanto doente: a nossa primeira reação quando recebemos a notícia é de incredulidade. Só pensamos que não nos...Nuno Paisana, 38 anos, Linfoma Não Hodgkin, 2003Ler mais
  • O cancro pode derrubar sonhos e impossibilitar projetos. Mas também pode ajudar a crescer e a ver a vida de uma perspectiva totalmente diferente.Tudo...Susana Lino, 42 anos, Linfoma Não Hodgkin, 2004Ler mais
  • Antes de mais, deixem-me apresentar-me.Chamo-me Gabriela, tenho 26 anos e há mais de um ano a vida desafiou-me: mudei a fisionomia, mudei o cabelo,...Gabriela Fonseca, 26 anos, Linfoma Não Hodgkin, 2016Ler mais
  • Olá, eu tive um linfoma-marginal no pescoço. No início, foi difícil aceitar o diagnóstico, mas por incrível que possa parecer, as primeiras palavras...luis frazao, 45 anos, Linfoma Não Hodgkin, 2007Ler mais
Apoios & Parcerias