Porque quem precisa, precisa de nós!

Contribua com o seu donativo
Voltar

Elsa Valentina Campos Pinto

40 anos Mama, 2007, Doente
Em fevereiro de 2007 foi-me diagnosticado um cancro de mama. Depois da biópsia veio o resultado, o que eu mais receava, o chão a fugir dos pés, o medo dentro de mim... Caminhar para o desconhecido penso que é uma sensação inexplicável.Fui operada uma primeira vez retirei localmente o tumor, a cirurgia correu bem, os médicos tinham um bom prognóstico mas passados 15 dias fui novamente operada, fiz mastectomia radical com esvaziamento axilar, tinha 35 anos, fiz quimioterapia e radioterapia, caiu-me o cabelo todo pois a minha quimioterapia era muito agressiva, andei sempre de lenço e enfrentei esta doença como uma guerra contra um inimigo que nunca sabia se ia vencer, mas nunca perdi a fé e segui em frente com medos, com risos, com perdas de companheiras... Mas aprendi a nunca desistir e a lutar pelo meu filho pequeno de 3 anos, na altura. Passados 4 anos fui operada dia 8 de março (dia da mulher) fiz uma histerectomia total retirei todo o meu aparelho reprodutor... Fiquei triste pois queria ter mais um filho... Mas enfrentei mais uma vez e tive novamente uma guerra mas mais uma vez ganhei o inimigo! Hoje sou casada e o meu marido tem uma filha que foi adotada. Por isso às vezes estes tortuosos caminhos têm uma explicação mais tarde. Sou uma mulher feliz! Tenho um marido que me aceita tal como sou... Por isso a força, a coragem, a calma e o entendimento são as nossas armas para combater o inimigo, companheiras de luta muita coragem e força!
Voltar

Outros Testemunhos

  • Vencer a Luta contra o Cancro.Essa luta tem várias frentes, missões e objetivos e cada um de nós pode dar o seu contributo para que...Ana Borges, 53 anos, Mama, 2001Ler mais
  • Corria o mês de Julho, quando a minha mãe foi solicitada para realizar o rastreio do cancro da mama. Ao princípio recusou, na verdade, nunca gostou de...Joana Rocha, 18 anos, Mama, 2012Ler mais
  • Por mais incrível que pareça, a doença foi-me diagnosticada no mês em que comemoramos a luta contra o cancro da mama... Mas começando pelo início para...Marina, 34 anos, Mama, 2010Ler mais
  • Tudo começou com o auto exame, numa manhã de junho quando tinha 45 anos.Detetei um caroço na axila esquerda. De imediato fui ao meu médico, pois...Maria Silva, 59 anos, Mama, 1999Ler mais
  • Em 2006, quando eu tinha 12 anos, a minha mãe deu-me a notícia de que tinha cancro da mama. Eu só soube trancar-me no quarto a chorar, chorei muito....Daniela Pereira, 19 anos, Mama, 2006Ler mais
  • A minha irmã (…) foi diagnosticada com cancro. Foi um choque para toda a família... Chorei muitas noites mas nunca à frente dela...Marina, 43 anos, Mama, 2010Ler mais
Apoios & Parcerias