Voltar

Fernanda Maria Pereira da Silva

42 anos Mama, 2015, Doente
Olá! Sou a Fernanda, tenho 42 anos e tenho cancro da mama.
No dia 19 de Outubro de 2015 fiz uma mamografia de rotina, que acusou uma alteração suspeita na mama direita. Depois de um batalhão de outros exames, recebo a confirmação do diagnóstico no dia 23 de Novembro: “carcinoma ductal in situ e carcinoma ductal invasivo”.
Apesar de já estar preparada para o pior (a verdade é que nunca estamos), ler a palavra carcinoma muda tudo, foi como ter levado um murro no estomago; ainda hoje a sinto...
Mas tentei estar o mais calma possível e viver o meu dia-a-dia de forma o mais natural possível, viver um dia de cada vez e procurando apreciar o presente, não deixando que a doença fosse o foco do meu dia-a-dia…
Fui operada no dia 22 de Janeiro, (ainda não tirei os pontos), e estou a preparar-me para o que vem a seguir. A minha postura neste processo tem sido a de viver um dia de cada vez e com muito otimismo.
Em tudo o me acontece na vida, acredito que nada é por acaso, e este é um deles. Resta-me viver esta experiência com otimismo, com humor e com amor, e procurar tornar-me uma pessoa melhor.
 
Voltar

Outros Testemunhos

  • Poupo-vos os detalhes, o susto, o sofrimento, enfim tudo aquilo por que passam todos os que são confrontados com um qualquer tipo de cancro. A minha...anónimo, 55 anos, Mama, 2009Ler mais
  • Pediram-me para dar testemunho da minha caminhada, eu diria da travessia do deserto. Ao longo deste percurso experimentamos todas as transformações, quer...António Tinoco, 56 anos, Mama, 2010Ler mais
  • O meu avô paterno, meu pai, minha irmã, minha mãe e meu primo, todos faleceram de cancro de vários tipos. Este ano ao fim de...Rita Xavier, 40 anos, Mama, 2019Ler mais
  • Por mais incrível que pareça, a doença foi-me diagnosticada no mês em que comemoramos a luta contra o cancro da mama... Mas começando pelo início para...Marina, 34 anos, Mama, 2010Ler mais
  • Com apenas 36 anos de idade e com 2 filhas pequenas (uma com 6 anos e outra com quase 2) foi-me diagnosticado um cancro da mama. A minha maior dor foi...Sandra Santos, 45 anos, Mama, 2005Ler mais
  • Visito com bastante frequência o site da Liga Portuguesa Contra o Cancro e costumo ler os testemunhos deixados por outras pessoas, que tal como eu,...Maria Pires, 57 anos, Mama, 2007Ler mais
Apoios & Parcerias