Voltar

Fernanda Maria Simões

46 anos Mama, 2005, Doente
(...) Estava envolvida num projecto profissional intenso em Lisboa, faltava-me tempo para parar e pensar... Mas estava muito assustada com o nódulo no peito que tinha crescido nos últimos dias e decidi finalmente ir ver o médico de família, com a convicção reforçada de que tinha chegado a hora de fazer a 1ª mamografia aos 40 anos! O médico de família, sentiu o nódulo e reparou no mamilo ligeiramente encovado, diferente do outro, da mama direita. Com um ar preocupado e grave, deu-me uma requisição para a mamografia (...) O médico disse-me que tinha que prosseguir a minha vida como todas as outras. Que o percurso dos tratamentos era longo e penoso, mas tinha que ser forte e acreditar na cura. Disse-me também que devia contar muito com a ajuda da família e amigos e que tinha que começar imediatamente os tratamentos... (...) Estamos condenados a viver o bom e o amor intensamente, mas expostos igualmente a exaltados sacrifícios? (...) Com esta doença, busco a sageza de quem sabe esperar por melhores momentos, para acolher o que o acaso me consagra.
Voltar

Outros Testemunhos

  • Foi há 2 anos que o diagnóstico chegou. Estávamos em outubro de 2009. A minha vida tentava encontrar o equilíbrio perdido devido a um divórcio no ano...Filomena Crespo, 46 anos, Mama, 2009Ler mais
  • Tudo começou com o auto exame, numa manhã de junho quando tinha 45 anos.Detetei um caroço na axila esquerda. De imediato fui ao meu médico, pois...Maria Silva, 59 anos, Mama, 1999Ler mais
  • Em abril de 2010 começou a jornada de exames que culminou em dezembro desse ano com o diagnóstico de cancro da mama. Quando a médica me disse que tinha...Paula Guerra, 39 anos, Mama, 2010Ler mais
  • Olá! Sei que não estou só, sou uma de muitas... é espantosa a solidariedade entre as mulheres com cancro de mama! Quero aqui dizer que enfrentei o meu...Maria, 45 anos, Mama, 2010Ler mais
  • Foi-me diagnosticado cancro da mama triplo negativo (…). A fase do diagnóstico foi terrível mas percebi que a solução era...Claudia Gonçalves, 46 anos, Mama, 2018Ler mais
  • A minha avó partiu a 14 de março deste ano com 84 anos. Foi-lhe diagnosticado um cancro da mama. Um cancro feroz, atípico para a idade dela. Fez uma...Andreia, 27 anos, Mama, 2009Ler mais
Apoios & Parcerias