Voltar

Graça Afonso

49 anos Estômago, Familiar
Tive uma avó que morreu de cancro de estômago após ter feito várias transfusões de sangue. O que nós todos passamos ao vê-la definhar e cada vez mais fraca, ninguém pode imaginar. Eu pessoalmente não conseguia aceitar a ideia de que ela iria morrer, muito menos dessa forma. Mas infelizmente morreu e no meio do maior sofrimento. Desculpem, mas custa-me contar isto. A partir daí fiquei sensível, sempre participando em várias atividades contra o cancro. Também comecei a partir daí a fazer exames periódicos! Porque o cancro não acontece só aos outros. Todos temos que estar alerta. Apelo aqui a que façam sempre exames!
Voltar

Outros Testemunhos

  • Na minha família (fora do núcleo de pais, irmãos, sobrinhos) tivemos alguns casos de cancro, sempre vistos a uma distância...Cláudia, 26 anos, Estômago, 2015Ler mais
  • Em 2001 foi-me diagnosticado cancro gástrico e, no mesmo ano, fui submetido a uma gastrectomia total. A minha mãe era portadora de Síndrome de Lynch II,...Joaquim Silva, 52 anos, Estômago, 2001Ler mais
  • Faz precisamente hoje 9 anos que perdi a minha mãe para esta doença que mudou por completo a minha vida e da minha família. Lembro-me bem dela, cheia de...Felícia Macedo, 22 anos, EstômagoLer mais
  • Sou a Vera, tenho 32 anos e aos 28 anos foi-me diagnosticado um tumor no estômago. Ao fim de mais ou menos um ano apareceram metástases no fígado e agora...Vera Panão, 32 anos, Estômago, 2007Ler mais
  • Olá, o meu nome é Mónica, tenho 36 anos e sou mãe de dois seres maravilhosos, o Dinis (6 anos) e a Diana (20 meses). Diagnosticaram-me cancro gástrico...monica teixeira, 36 anos, Estômago, 2011Ler mais
  • Em março de 2015 fiz uma endoscopia alta ao estômago (...) e fui diagnosticado com um tumor maligno. Fiquei internado 12 dias. Não houve...Pedro Romeiras, 54 anos, Estômago, 2015Ler mais
Apoios & Parcerias