Voltar

Graciete Maria Lopes Dias Dos Santos

38 anos Mama, 2011, Doente
Eu tive cancro de mama. Quando soube, foi como se se abrisse um poço sem fundo, mas consegui com a força de amigos e família. Por isso, digo a quem tem esta doença que não pense que é o fim porque não é. Comecei a dar mais valor à vida, a viver um dia de cada vez e pensar que o dia de amanhã vai brilhar com mais força. O confronto com a doença é uma experiência interior que deixa marcas profundas. Eu não teria conseguido escrever estas palavras sem recordar as alegrias e as mágoas, as descobertas e os fracassos que me tornaram muito mais viva do que era há uns anos atrás. Ao partilhar tudo isto convosco, espero que encontrem o vosso próprio caminho e que essa aventura seja cheia de beleza e alegria.
Voltar

Outros Testemunhos

  • Tenho 38 anos acabados de fazer e fiz há menos de um mês mastectomia radical. Vou fazer quimioterapia. Tenho medo! Sinto revolta! Não...Raquel Almeida, 38 anos, Mama, 2016Ler mais
  • Em janeiro de 2005 apercebi-me de um inchaço na mama esquerda, consultei o médico (…). Fiz anti-inflamatórios, antibióticos, mas nada, até que...Sandra Santos, 43 anos, Mama, 2005Ler mais
  • Tinha 42 anos, um marido maravilhoso, dois filhos lindos de 17 e 12 anos, família e amigos e nada me fazia desconfiar do que estava para vir. Fui fazer...Maria Soares, 43 anos, Mama, 2010Ler mais
  • Há 7 anos, ao fazer a depilação nas axilas, detetei que algo não estava bem, embora não conseguisse fazer a palpação do nódulo. Fui no mesmo dia ao...Isabel Coelho, 56 anos, Mama, 2005Ler mais
  • Antes de mais, olá a todas(os)! Quero deixar o meu testemunho para que saibam que pensamento positivo e atitude positiva podem e fazem a diferença! Nunca...Verónica Domingos, 25 anos, Mama, 2013Ler mais
  • Em janeiro de 2008, eu e a minha mulher estávamos super felizes. Descobrimos que ela estava grávida do nosso segundo filho. Tínhamos tido o primeiro em...hugo santos, 29 anos, Mama, 2008Ler mais
Apoios & Parcerias