Voltar

Isabel

47 anos Linfoma Não Hodgkin, Doente
Em novembro de 2006, após sentir há vários dias um enorme cansaço, realizei várias exames e foi-me diagnosticado um linfoma esplénico (não-Hodgkin). Fui submetida a uma cirurgia (remoção do baço) e 5 sessões de quimioterapia. Para mim foi como se o mundo estivesse a acabar! Pensamos que só acontece aos outros! Mas lutei com todoas as minhas forças contra a doença e para isso contei com o apoio da família e de alguns amigos, conseguindo assim ultrapassar esse tão complicado obstáculo! Já passaram 5 anos e aqui estou a escrever o meu testemunho! Quando surge essa doença com um nome tão difícil de pronunciar psicologicamente, temos de lutar, porque vale sempre a pena! Bem haja a todos os que passaram por este processo ou que estão a passar. Não desistam!
Voltar

Outros Testemunhos

  • Quando me foi diagnosticada a doença, a questão que coloquei imediatamente ao médico foi a de saber o que é que se tinha de fazer para atacar...Carlos Pereira, 49 anos, Linfoma Não Hodgkin, 2000Ler mais
  • Tinha 14 anos quando me foi diagnosticado o cancro. Fui sempre feliz durante esse tempo. Cortei o cabelo e arranjei imediatamente uma alcunha a mim mesma -...Marine Antunes, 22 anos, Linfoma Não Hodgkin, 2004Ler mais
  • Página em branco, vazia de emoções. À nossa volta ouvimos histórias, vemos casos mas estão à distância de um instante que nos coloca a salvo de...Teresa Viegas, 35 anos, Linfoma Não Hodgkin, 2015Ler mais
  • Antes de mais, deixem-me apresentar-me.Chamo-me Gabriela, tenho 26 anos e há mais de um ano a vida desafiou-me: mudei a fisionomia, mudei o cabelo,...Gabriela Fonseca, 26 anos, Linfoma Não Hodgkin, 2016Ler mais
  • A 11 de setembro de 1999, após uma entrada no Hospital com uma dor torácica, foi-me diagnosticado, após algumas horas de exames, linfoma não Hodgkin,...Fernanda Malanho, 39 anos, Linfoma Não Hodgkin, 1999Ler mais
  • Sou filha de uma doente oncológica, desde 1984, tinha eu 9 anos e a minha irmã 6, quando vimos a nossa mãe doente e ser encaminhada...Manuela Martins, 45 anos, Linfoma Não Hodgkin, 1984Ler mais
Apoios & Parcerias