Voltar

Isabel Maria Pancada da Cunha Boleto

51 anos Mama, 2002, Doente
Em 2002 foi-me detetado um cancro da mama, onde me foi feita uma mastectomia total direita. Logo ao extraírem a mama foi-me colocado o expansor e passado um ano e meio fiz a reconstrução. No intervalo das 2 operações, fui sujeita a quimioterapia e o que me custou ainda mais foi que apanhei varicela e isso sim, foi complicado pois estive 3 semanas isolada em casa, pois se apanhasse uma infeção não haveria nada a fazer. Mas tudo passou e estou curada! Relembro as primeiras palavras do médico logo na 1ª consulta, as quais nunca mais irei esquecer: “A Isabel tem um cancro mas eu vou curá-la”. Julgo que são estes profissionais, bem como todo o apoio dos familiares e amigos, que nos fazem ultrapassar os momentos menos bons da nossa vida. Por isso, a todos que estão a passar por um momento menos bom pensem que dentro em breve isto será “passado” e a vida terá mais valor.
Voltar

Outros Testemunhos

  • A minha irmã (…) foi diagnosticada com cancro. Foi um choque para toda a família... Chorei muitas noites mas nunca à frente dela...Marina, 43 anos, Mama, 2010Ler mais
  • Em fevereiro de 2011, foi-me diagnosticado cancro da mama. Nunca pela cabeça me passou que iria morrer, não podia, tenho duas filhas e um marido...Ana Rosa, 44 anos, Mama, 2011Ler mais
  • Foi-me diagnosticado cancro em setembro de 2012. Os meus filhos tinham 1 e 2 anos. Tinha acabado de amamentar o meu filho mais novo. Sentia que tinha algo...Paula, 38 anos, Mama, 2012Ler mais
  • Em 2005 foi-me diagnosticado um cancro de mama, o que mais me custou foi o fato de ter duas filhas: uma de seis e a mais nova ainda não tinha dois anos....Sandra Santos, 42 anos, Mama, 2005Ler mais
  • Em agosto de 2015 recebi a noticia mais amarga da minha vida: cancro de mama. E depois de fazer biópsia descobri que era um pouco mais complicado....Maria Martins, 51 anos, Mama, 2015Ler mais
  • Em Novembro 2016 e sem sequer imaginar o que estaria por vir deparei-me com um diagnóstico devastador... Estava sozinha só eu e a...Elisabete Duarte, 41 anos, Mama, 2016Ler mais
Apoios & Parcerias