Porque quem precisa, precisa de nós!

Contribua com o seu donativo
Voltar

Isabel Maria Pancada da Cunha Boleto

51 anos Mama, 2002, Doente
Em 2002 foi-me detetado um cancro da mama, onde me foi feita uma mastectomia total direita. Logo ao extraírem a mama foi-me colocado o expansor e passado um ano e meio fiz a reconstrução. No intervalo das 2 operações, fui sujeita a quimioterapia e o que me custou ainda mais foi que apanhei varicela e isso sim, foi complicado pois estive 3 semanas isolada em casa, pois se apanhasse uma infeção não haveria nada a fazer. Mas tudo passou e estou curada! Relembro as primeiras palavras do médico logo na 1ª consulta, as quais nunca mais irei esquecer: “A Isabel tem um cancro mas eu vou curá-la”. Julgo que são estes profissionais, bem como todo o apoio dos familiares e amigos, que nos fazem ultrapassar os momentos menos bons da nossa vida. Por isso, a todos que estão a passar por um momento menos bom pensem que dentro em breve isto será “passado” e a vida terá mais valor.
Voltar

Outros Testemunhos

  • Eu descobri há pouco tempo que tinha cancro da mama. Estou a fazer tratamentos de quimioterapia antes da operação. (...) O meu encarar da doença é bom...sofia fernandes, 28 anos, MamaLer mais
  • Após uma Mamografia de Rastreio do Cancro da Mama, a minha mãe recebeu uma carta para se apresentar lá novamente porque haviam algumas...Alexandra Costa, 25 anos, Mama, 2017Ler mais
  • O meu nome é Célia Sequeira (39 anos) e no dia 29 de Novembro de 2012 foi-me diagnosticado cancro de mama.Sentada, em frente ao médico, ele comunicou...Célia Sequeira, 39 anos, Mama, 2012Ler mais
  • Conheci o cancro na primeira pessoa há um ano atrás. Há um ano e um mês que convivo diariamente com ele, trato-o por tu, mas recuso-me a deixar que ele...Anita Chouriço, 39 anos, Mama, 2010Ler mais
  • Em janeiro de 2008, eu e a minha mulher estávamos super felizes. Descobrimos que ela estava grávida do nosso segundo filho. Tínhamos tido o primeiro em...hugo santos, 29 anos, Mama, 2008Ler mais
  • Corria o ano de 2010. Era um ano de novas esperanças, com o nascimento de uma nova neta. As forças já tinham sido retemperadas com o usufruto de...Marco Santos, 59 anos, Mama, 2010Ler mais
Apoios & Parcerias