Voltar

Joana

38 anos Mama, 2015, Doente
Caiu uma bomba! Não sei exatamente o dia, sei que era um sábado antes do dia do Pai! Primeiro neguei até conseguir uma confirmação do que vinha no relatório. Depois chorei, chorei e chorei! Não queria esta luta. Não queria deixar de cuidar da minha filha. Não queria deixá-la sem mãe. Não queria abalar a vida do meu marido. Não queria deixar o meu desporto que tanto gosto e tanta falta me faz. Não queria nada disto mas não há quereres. Ninguém quer mas tal como na lotaria, às vezes somos premiados. Resta-nos lutar com dias de muito otimismo. É uma luta que para mim ainda agora começou. Só fiz a cirurgia! Deixei o meu desporto há 2 meses. Deixei metade de cada mama. Deixei a minha filha por uns dias. Deixei o meu marido preocupado. Abalei a família que não o demonstra. Eu não o demonstro. Mas tenho um nó na garganta e muitas vezes só me apetece chorar e berrar: “Porquê a mim?!”, “Porquê agora?!”. Outros dias, sorrio e penso: “Vai correr tudo bem. Já o tirei de dentro de mim, vou fazer os tratamentos e, em breve, terei toda a minha vida de volta!”.
Voltar

Outros Testemunhos

  • Olá companheiros de guerra, o meu primeiro cancro de mama apareceu aos 23 anos, foi detectado precocemente, retiraram-me o nódulo, fizeram-me o...Andrea Gomes, 34 anos, Mama, 2001Ler mais
  • Eu descobri que tinha um nódulo com características suspeitas na mama em novembro de 2006, tinha 25 anos. Na altura guardei segredo, porque...Mara Borges, 38 anos, Mama, 2007Ler mais
  • Em fevereiro de 2011, foi-me diagnosticado cancro da mama. Nunca pela cabeça me passou que iria morrer, não podia, tenho duas filhas e um marido...Ana Rosa, 44 anos, Mama, 2011Ler mais
  • A todos aqueles que percorreram o caminho mais sinuoso do mundo... A todos aqueles que o estão a percorrer... A todos aqueles que o irão percorrer......Adília Carvalho, 50 anos, Mama, 1997Ler mais
  • Eu tive cancro de mama. Quando soube, foi como se se abrisse um poço sem fundo, mas consegui com a força de amigos e família. Por isso, digo a quem tem...Graciete Santos, 38 anos, Mama, 2011Ler mais
  • Tenho 38 anos acabados de fazer e fiz há menos de um mês mastectomia radical. Vou fazer quimioterapia. Tenho medo! Sinto revolta! Não...Raquel Almeida, 38 anos, Mama, 2016Ler mais
Apoios & Parcerias