Voltar

Joaquim MariaCarvalho da Silva

52 anos Estômago, 2001, Doente
Em 2001 foi-me diagnosticado cancro gástrico e, no mesmo ano, fui submetido a uma gastrectomia total. A minha mãe era portadora de Síndrome de Lynch II, na família somos todos amputados, três irmãos já faleceram, restamos quatro, mais um irmão no mesmo estado que eu e duas irmãs que já tiraram a totalidade do intestino grosso. Tenho agora sobrinhos com trinta e poucos anos, já com cirurgia feita e outros em observação clínica. Desde pequenino que ajudava a minha mãe na sua higiene, pelo facto de ser colostomizada. Considero-me uma pessoa feliz, apesar da situação em que me encontro. Feliz porque só deixarei de lutar quando terminar a última gota. Feliz porque já em pequeno a vida me preparava para o que enfrento hoje em termos familiares e pessoais.(…) Feliz porque sou um ser humano com capacidades suficientes para não ser marginalizado nem marginalizar ninguém. Feliz porque grito com todas as minhas forças, a quem me ouça, que somos um exército de gente mais forte do que nós próprios pensamos. (…) Feliz porque vos digo do mais fundo do meu coração “não somos só carne, somos também espirito, esse não morre”. É com felicidade sentida que vos digo que o desistir é dos fracos, mas juntos somos fortes. Somos um exército de guerreiros e jamais baixaremos as nossas armas. Coragem e determinação para todos os que me estão a ler. Força irmãos de luta!
Voltar

Outros Testemunhos

  • Faz precisamente hoje 9 anos que perdi a minha mãe para esta doença que mudou por completo a minha vida e da minha família. Lembro-me bem dela, cheia de...Felícia Macedo, 22 anos, EstômagoLer mais
  • Em junho de 1998 foi diagnosticado ao meu pai cancro no estômago. Quando soubemos do diagnóstico foi como se o mundo estivesse a desabar sobre nós......sonia ramos, 33 anos, Estômago, 1998Ler mais
  • Em dezembro de 2004 foi-me diagnosticado um tumor maligno. Fui operada em janeiro de 2005, retiraram-me todo o estômago e tenho sobrevivido até hoje......Maria Araujo, 51 anos, Estômago, 2004Ler mais
  • Eu sei que não passei pela dor de ter cancro mas e aqueles que assistem à dor daqueles que têm cancro? Eu não estou a dizer que isso é pior... Mas...Cláudia, 14 anos, Estômago, 2007Ler mais
  • Sou a Vera, tenho 32 anos e aos 28 anos foi-me diagnosticado um tumor no estômago. Ao fim de mais ou menos um ano apareceram metástases no fígado e agora...Vera Panão, 32 anos, Estômago, 2007Ler mais
  • Em abril de 2006, tinha 40 anos, uma gastrite e muito stress na minha vida profissional. O meu médico comunicou-me que eu tinha um tumor maligno...Maria Soares, 49 anos, Estômago, 2006Ler mais
Apoios & Parcerias