Voltar

Lara

40 anos Colo-Rectal (Intestino), 2011, Familiar
Em maio de 2011, o mundo caiu em cima da minha cabeça, os meus pés ficaram sem chão, foi diagnosticado um cancro colo-rectal à minha mãe, com metástases no pulmão e fígado, o diagnóstico não podia ser pior. Seguiu-se o internamento para a cirurgia (remoção do tumor colo-retal). Terminado o processo de recuperação da cirurgia, seguiu-se a quimioterapia. Passou quase um ano e durante este tempo, não tem sido fácil, a luta é diária, no entanto, posso afirmar que a minha mãe me deu e continua a dar uma lição de vida, coragem e força, nunca desistiu, nunca perdeu a esperança e sempre com um sorriso. Por tudo isto, todos os que passam por este processo doloroso são sem dúvida uns heróis e heroínas. A minha mãe é a minha heroína, força mãe, precisamos de ti. Amamos-te!
Voltar

Outros Testemunhos

  • Sou doente oncológica. Em maio de 2011 numa colonoscopia de rotina foi-me diagnosticado um tumor maligno no ângulo hepático do intestino grosso....Anónimo, 54 anos, Colo-Rectal (Intestino), 2011Ler mais
  • Foi algures em meados de junho ou julho que descobrimos. Lembro-me que íamos preparar as coisas para a mudança de habitação na semana seguinte, quando...Sara Raquel, 23 anos, Colo-Rectal (Intestino), 2007Ler mais
  • Foi-me diagnosticado cancro do cólon rectal em Maio de 2017.Iniciei quimioterapia - injectável e via oral - em Junho desse ano e...Anónimo, 57 anos, Colo-Rectal (Intestino), 2017Ler mais
  • Em outubro de 2002, tinha 40 anos e comecei a ter fortes dores abdominais. Fui vista por médicos que suspeitaram de gastrite. Fiz uma ecografia que nada...Teresa André, 50 anos, Colo-Rectal (Intestino), 2002Ler mais
  • A minha situação, até me ser diagnosticado o cancro, era igual a muitos outros: não me vai acontecer ou não tenho sintomas que me levem a julgar que o...Romão Capinha, 63 anos, Colo-Rectal (Intestino), 2008Ler mais
  • Perdi o meu pai no dia 27 de abril de 2010. Ainda hoje sofro muito com a sua partida, não estava a espera de perder o meu pilar tão cedo e tão depressa,...Sofia, 28 anos, Colo-Rectal (Intestino), 2010Ler mais
Apoios & Parcerias