Voltar

liliana reguengos

25 anos Tiróide, 2011, Doente
Olá a todos os que já passaram, ou estão a passar por este tipo de doença e os que ajudam esta causa. Tenho 25 anos, e venho por este meio apresentar o meu testemunho de como enfrentei o cancro. Há 7 anos que me foram diagnosticados nódulos do lado direito da tiroide. Durante estes anos sempre fui acompanhada de 6 em 6 meses no Hospital da minha região fazendo análises, ecografias e biópsias, nunca tendo acusado nada de maligno. Ao longo dos anos, os nódulos foram sempre aumentando até chegar aos 41mm. Até ao ano passado nunca me tinha incomodado. Então, em conjunto com o meu médico, decidimos que era melhor operar porque já me estava a fazer pressão contra a traqueia e não conseguia respirar nem engolir bem. Fui operada no dia 5 de janeiro de 2011, correu tudo bem. Passadas 3 semanas o meu médico telefona-me e diz: “Olhe tenho más notícias, era um tumor maligno e temos que operar outra vez para retirar o resto, para depois estar preparada caso tenha de fazer o tratamento radioativo”. Fiquei completamente em choque, saí do meu quarto a chorar e a dizer aos meus pais que tinha cancro e que tinha de ser operada outra vez. Dia 26 fui operada 2 vezes, mas desta vez a recuperação foi mais difícil e dolorosa. Doíam-me os ossos todos e os músculos. Não estava bem de maneira nenhuma. Só após 2 semanas de repouso é que me senti bem. Fui à consulta no IPO na semana passada e fiquei a saber que vou ter de fazer o tratamento. Estava com esperança que não fosse preciso e que ficaria despachada disto tudo, mas tem de ser para ficar bem. Deram-me imensas recomendações e restrições alimentares que tenho de cumprir para que o tratamento funcione. Vou então ficar internada 3 dias em julho. Desde que começou o ano que a minha vida tem sido como uma montanha russa, a minha mente está sempre a pensar nisto e às vezes não consigo acreditar que isto me aconteceu e que ainda não acabou. Ainda vou ter de passar por tanta coisa. Só estou desejosa que isto tudo acabe para ter descanso e poder relaxar. Eu sei que este tipo de cancro comparado com outros tem uma melhor recuperação e cura total e é nisso que tenho de pensar. E é este o meu testemunho, ou melhor, desabafo. Só queria agradecer à minha família e amigos pelo apoio, ao meu médico e às enfermeiras que foram muito simpáticas comigo. Muito obrigado. E força para todos os que estão a passar pelo mesmo!
Voltar

Outros Testemunhos

  • Por pura coincidência, descobri que tinha um carcinoma papilar na tiróide, em junho de 2010. Nunca me vou esquecer do dia, pois era o 60º aniversário do...Ana, 32 anos, Tiróide, 2011Ler mais
  • Em 2011 fiz exames de rotina, na altura foi-me detetado na tiroide um nódulo com 4 mm, que me disseram para ficar descansado. Deixei passar 7 anos...Ivo, 24 anos, Tiróide, 2018Ler mais
  • Em agosto de 2002 fui fazer uma ressonância magnética à coluna vertebral e qual foi o meu espanto quando o médico disse que deveria procurar com...Maria Barreiros, 50 anos, Tiróide, 2002Ler mais
  • Final de 2008 - Nos meus treinos de BTT e corrida, começo a sentir dificuldade em respirar, aí reparo que tenho uma bola tipo ovo de galinha a apertar-me...Jorge, 35 anos, Tiróide, 2010Ler mais
  • O hoje é dádiva!Viver o hoje com toda a intensidade ganhou outro significado na minha vida após o dia 5 de Janeiro de...Filipa Martinho, 36 anos, Tiróide, 2015Ler mais
  • Olá a todos!Em julho de 2010 foi-me diagnosticado um carcinoma papilar da tiroide. Nunca pensei que este fosse o tipo de coisas que acontecesse só aos...Eliana Barreto, 27 anos, Tiróide, 2010Ler mais
Apoios & Parcerias