Voltar

Mafalda

30 anos Colo-Rectal (Intestino), 2008, Doente
Foi-me diagnosticado um adenocarcinoma no colón, no dia 1 de setembro de 2008, tinha 28 anos! Fiquei em estado de choque, nós pensamos sempre que acontece aos outros e nunca a nós! Não contei a ninguém durante duas semanas. Tive que interiorizar primeiro a notícia, tinha que conseguir dizer sem chorar! O processo de cura foi rápido, em outubro fui operada e com sucesso! A 5 de dezembro tive a primeira sessão de quimioterapia, tive náuseas, os dedos dormentes, o cabelo não caiu mas ficou muito fraco! O previsto era fazer 12 sessões de quimioterapia, mas só fiz 10! A última sessão foi a 7 de junho de 2009. Lembro-me das datas porque, para mim, são as minhas outras datas de nascimento, em que tive uma segunda oportunidade de Viver! O cancro é um inimigo silencioso que ataca sem darmos conta e que não escolhe idades! A prevenção é a melhor arma! Não devemos partir para a luta sozinhos! O apoio é importante, eu tive-o! Depois desde período da minha vida comecei a dar mais valor às pessoas e às pequenas coisas! Lembro-me que passada uma semana, depois do oncologista me dizer que não precisava de fazer mais sessões de quimioterapia, vi fogo de artifício e chorei. Uma coisa tão banal, mas para mim tinha grande significado. Agradeço aos meus pais, irmãos e aos meus amigos que nunca me deixaram sós! Choraram comigo quando souberam e riram comigo quando terminei os tratamentos! Continuo a afirmar, a prevenção é a melhor arma! Se eu tivesse feito exames não teria chegado aquele ponto.Força, era a palavra que nós, os doentes do hospital de dia, dizíamos uns aos outros antes de começar e depois de acabar o tratamento! Hoje é o meu lema para tudo, força...
Voltar

Outros Testemunhos

  • Olá, chamo-me Solange e venho falar do meu pai que foi doente oncológico. Foram dois anos de muita luta, tenho poucas palavras para exprimir, ou saber...solange vaz, 32 anos, Colo-Rectal (Intestino), 2009Ler mais
  • Em 2006 o meu pai faleceu com um cancro que, pelo percebo é raro e mortal, sarcoma, mais precisamente lipo-sarcoma. Sou filha única e foram tempos muito...Cristina Madeira, 36 anos, Colo-Rectal (Intestino), 2007Ler mais
  • Foi a insistência do meu médico de família (bem-haja por isso!) que me levou a fazer a colonoscopia que revelou uma lesão maligna no intestino. Fui...Maria Pereira, 60 anos, Colo-Rectal (Intestino), 2011Ler mais
  • Foi diagnosticado um cancro ao meu companheiro. Os médicos aconselharam que fosse operado o mais rápido possível. Tratámos de tudo para que a...Ana S, 41 anos, Colo-Rectal (Intestino)Ler mais
  • Em setembro de 2009 foi-me diagnosticado cancro no intestino, depois de muitos dias de internamento no hospital (...). Em novembro do mesmo ano fui...Celina Rodrigues, 53 anos, Colo-Rectal (Intestino), 2009Ler mais
  • Nestes quase dois anos aprendi a aceitar a minha doença mas não me deixei consumir por ela. Sou uma mulher feliz, na mesma, mãe de dois...Alexandra Guterres, 43 anos, Colo-Rectal (Intestino), 2014Ler mais
Apoios & Parcerias