Voltar

Manuela Martins

45 anos Linfoma Não Hodgkin, 1984, Familiar
Sou filha de uma doente oncológica, desde 1984, tinha eu 9 anos e a minha irmã 6, quando vimos a nossa mãe doente e ser encaminhada para o IPO Porto. Foi dado o diagnóstico algum tempo depois.
Bom cresci rápido, pois tinha que ser. Desde sempre a minha mãe foi muito bem tratada no hospital, entre recuperações e recaídas, foi sujeita a um auto-tranplante de medula óssea, cerca de 10 anos após o diagnóstico. É uma força da natureza e completou no dia 08-08, 68 anos.
A doença da minha mãe alterou-nos, claro que sim, cresci preocupada com a possibilidade de perda, mas como família, ficamos muito unidos, com um objetivo, mostrar que a amamos todos os dias e com amor, temos mais coragem para ultrapassar as diversas angústias que sentimos.
Voltar

Outros Testemunhos

  • Boa tarde! Sou a filha de uma mulher ribatejana, de 55 anos, a quem foi diagnosticado, no passado agosto, um Linfoma Não Hodgkin de grandes células (na...Ana Oliveira, 30 anos, Linfoma Não Hodgkin, 2012Ler mais
  • Venho aqui deixar o meu testemunho enquanto doente: a nossa primeira reação quando recebemos a notícia é de incredulidade. Só pensamos que não nos...Nuno Paisana, 38 anos, Linfoma Não Hodgkin, 2003Ler mais
  • Antes de mais, deixem-me apresentar-me.Chamo-me Gabriela, tenho 26 anos e há mais de um ano a vida desafiou-me: mudei a fisionomia, mudei o cabelo,...Gabriela Fonseca, 26 anos, Linfoma Não Hodgkin, 2016Ler mais
  • Tinha 14 anos quando me foi diagnosticado o cancro. Fui sempre feliz durante esse tempo. Cortei o cabelo e arranjei imediatamente uma alcunha a mim mesma -...Marine Antunes, 22 anos, Linfoma Não Hodgkin, 2004Ler mais
  • Quando me foi diagnosticada a doença, a questão que coloquei imediatamente ao médico foi a de saber o que é que se tinha de fazer para atacar...Carlos Pereira, 49 anos, Linfoma Não Hodgkin, 2000Ler mais
  • Lembro-me perfeitamente... Memórias não me faltam... Mas, atualmente, raramente penso nelas... Não sinto necessidade! O meu único objetivo aqui e agora...Susana, 41 anos, Linfoma Não Hodgkin, 2004Ler mais
Apoios & Parcerias