Voltar

Manuela Moreira

49 anos Mama, 2003, Doente
Em 2003 fui surpreendida com um cancro da mama, mas posso dizer que além do choque existia uma leve calma. Fui operada três vezes em apenas 4 meses. Tive muito apoio dos voluntários do IPO e aprendi a ter muita fé e força de viver. Não é fácil, mas é possível. Faz mais sentido dar valor a coisas pequeninas, que antigamente nem sabia que existiam. Passados 7 anos ainda luto contra o cancro mas o meu saber viver é muito mais valioso e não me deixo vencer. Com o cancro descobri outros talentos na minha vida que estavam escondidos pela dor, porque não os pude realizar antes. Hoje pinto quadros, faço artesanato, canto, tudo o que eu sonhava e afinal concretizei os meus sonhos.Então aceitei esta doença como crescimento e hoje estou feliz.
Voltar

Outros Testemunhos

  • Poupo-vos os detalhes, o susto, o sofrimento, enfim tudo aquilo por que passam todos os que são confrontados com um qualquer tipo de cancro. A minha...anónimo, 55 anos, Mama, 2009Ler mais
  • Só no ano de 2013, com a ajuda da minha psicóloga, consegui dizer “tive cancro”.Só hoje consigo escrever sobre o assunto, esperando que o meu...Maria DIAS, 55 anos, Mama, 2010Ler mais
  • A todos aqueles que percorreram o caminho mais sinuoso do mundo... A todos aqueles que o estão a percorrer... A todos aqueles que o irão percorrer......Adília Carvalho, 50 anos, Mama, 1997Ler mais
  • Maternidade depois do cancro. O meu testemunho é de esperança porque, após me ter sido diagnosticado cancro aos 28 anos, quatro anos depois, engravidei...Guiomar Pereira, 28 anos, Mama, 2010Ler mais
  • Em 2002 foi-me detetado um cancro da mama, onde me foi feita uma mastectomia total direita. Logo ao extraírem a mama foi-me colocado o expansor e passado...Isabel Boleto, 51 anos, Mama, 2002Ler mais
  • Após uma consulta de rotina de ginecologia, e consequente mamografia, foi-me diagnosticado carcinoma da mama no dia 27 de julho de 2012. Esse dia foi, sem...Cristina Caeiro, 41 anos, Mama, 2012Ler mais
Apoios & Parcerias