Voltar

Manuela Moreira

49 anos Mama, 2003, Doente
Em 2003 fui surpreendida com um cancro da mama, mas posso dizer que além do choque existia uma leve calma. Fui operada três vezes em apenas 4 meses. Tive muito apoio dos voluntários do IPO e aprendi a ter muita fé e força de viver. Não é fácil, mas é possível. Faz mais sentido dar valor a coisas pequeninas, que antigamente nem sabia que existiam. Passados 7 anos ainda luto contra o cancro mas o meu saber viver é muito mais valioso e não me deixo vencer. Com o cancro descobri outros talentos na minha vida que estavam escondidos pela dor, porque não os pude realizar antes. Hoje pinto quadros, faço artesanato, canto, tudo o que eu sonhava e afinal concretizei os meus sonhos.Então aceitei esta doença como crescimento e hoje estou feliz.
Voltar

Outros Testemunhos

  • O dia da execução do "bicho": 5 de julho de 2006. Meio-dia, marcava o relógio na parede do bloco operatório. Sentia-me muito bem-disposta, mesmo depois...lucinda almeida, 50 anos, Mama, 2006Ler mais
  • Foi-me detetado carcinoma de mama em novembro de 2010, com cirurgia em 01/02/2011 no IPO. Após resultado patológico, verificou-se que teria que ser...Adília Silva, 50 anos, Mama, 2010Ler mais
  • No dia 9 de março de 2012 foi-me diagnosticado um cancro da mama. Nesse dia parecia que tinha chegado o fim de tudo, que tinha chegado a minha hora mas tal...Vera Pedro, 34 anos, Mama, 2012Ler mais
  • Embora seja uma jovem, talvez um pouco inconsciente, vivi uma situação muito perturbadora e desgastante emocionalmente com a minha tia, portadora do...Maria Ferreira, 19 anos, Mama, 2005Ler mais
  • Foi precisamente há 4 anos que foi diagnosticado cancro da mama na minha mãe. Quando soube nem queria acreditar, o meu coração caiu, senti um enorme...Carmen Iglesias, 22 anos, MamaLer mais
  • Chamo-me Eduardo Marques. 38 anos. Vendedor. Um homem, como outro qualquer. Com uma diferença para muitos outros, que o torna menos igual entre iguais -...Eduardo Marques, 38 anos, Mama, 2013Ler mais
Apoios & Parcerias