Porque quem precisa, precisa de nós!

Contribua com o seu donativo
Voltar

Manuela Pina

43 anos Mama, 2015, Doente
Em dezembro de 2015, uma semana depois do meu filho completar 2 anos, estava longe de imaginar que a minha vida iria dar uma volta de 180°.
Andava eu na azáfama normal de quem tem uma criança em casa e o João... Upa, upa. É uma mão cheia de energia. Depois de um domingo de passeios, correria, brincadeira e afins chega finalmente a hora de tentar acalmar...finalmente consegui deitá-lo na cama para vestir o pijama e ele ainda em clima de euforia tocou-me com o pé na mama direita. Esse foi o momento em que "o" senti pela primeira vez, parecia uma pedra mesmo por cima do mamilo.
Fui no dia seguinte à médica de família, três dias depois consegui, no Hospital Particular do Algarve, fazer uma mamografia e pronto... prenda de Natal: cancro de mama. Fiz cirurgia, quimioterapia e 34 sessões de radioterapia.
Terminei tudo no final de 2016.
Durante esse tempo nem pensei em mais nada senão ficar bem para poder acompanhar um pouco mais o meu filhote, agora com cinco anos.
O nascimento do João foi a minha primeira vitória nestas lutas contra a “natureza” (devido a uma trombofilia tive cinco abortos espontâneos antes da gravidez do João) .
E ironicamente, ou não, foi ele que fez com que a segunda batalha fosse menos complicada.
Energias positivas e esperança devem guiar o nosso caminho.
Por aqui, neste momento, está tudo controlado!
Voltar

Outros Testemunhos

  • Olá a todos! Não é fácil para mim ainda hoje falar nesta maldita doença. Mas tenho a dizer que a medicina e os Hospitais...Anónimo, 46 anos, Mama, 2010Ler mais
  • Em janeiro de 2008, eu e a minha mulher estávamos super felizes. Descobrimos que ela estava grávida do nosso segundo filho. Tínhamos tido o primeiro em...hugo santos, 29 anos, Mama, 2008Ler mais
  • Em julho de 2006, tinha eu 20 anos, o meu mundo tremeu. No dia em que a minha mãe fez uma mamografia, soube-se que tinha cancro da mama. Entretanto, em...Diana Damião, 27 anos, Mama, 2006Ler mais
  • 1 de junho de 1999, dia da criança. Foi na brincadeira com as minhas filhas que uma delas me tocou no peito e me doeu. Apalpei de imediato o local e...Isabel, 56 anos, Mama, 2001Ler mais
  • Em fevereiro de 2007 foi-me diagnosticado um cancro de mama. Depois da biópsia veio o resultado, o que eu mais receava, o chão a fugir dos pés, o medo...Elsa Pinto, 40 anos, Mama, 2007Ler mais
  • A minha avó partiu a 14 de março deste ano com 84 anos. Foi-lhe diagnosticado um cancro da mama. Um cancro feroz, atípico para a idade dela. Fez uma...Andreia, 27 anos, Mama, 2009Ler mais
Apoios & Parcerias