Voltar

Margarida Monge

48 anos Melanoma, 2005, Doente
Quando me foi diagnosticado um melanoma, fiquei por uns instantes parada, parada no tempo, na cadeira, no olhar, na respiração... Nesses breves segundos, passaram-me pela cabeça cenas do passado, do presente e não havia futuro. Tive frio, tive medo e perdi a vontade. Depois desejei ver os meus filhos crescerem. Não cruzei os braços, informei-me, tornei-me o meu remédio, pensava constantemente: Isto posso fazer? Isto não me prejudica? Hoje, a batalha ainda não terminou, sinto que sou já uma vencedora, lutei e tive ajuda dos meus familiares e amigos (vi que tenho tantos e tão bons!). Deixo um apelo a todos os doentes oncológicos: não te deixes vencer, fá-lo por ti e pelos que te amam. O verbo é acreditar.
Voltar

Outros Testemunhos

  • A minha filha era linda. Morena, olhos grandes, pele de cetim. Aos 18 anos, um pequeno sinal preto, redondo, bonito apareceu no meio da sua face. Ficava-lhe...Ana Pinto, 47 anos, Melanoma, 2004Ler mais
  • Em 2011 entrei na universidade, tudo corria bem…Amigos novos, convívio e muita diversão. No fundo é o que qualquer jovem gosta de experienciar nesta...Beatriz, 19 anos, Melanoma, 2012Ler mais
  • É um dos ditados mais bonitos que todos nós aprendemos e vulgarmente o referimos “O Sol quando nasce, nasce para todos”. Meus caros amigos, é...Casimiro Martins, 60 anos, Melanoma, 2009Ler mais
  • Em 2002 apareceu um sinal novo, pequenino e muito escuro. Recorri a um especialista e, de imediato, foi retirado. Só em 2012 tive alta. Fiz vigilância com...Maria Teresa, 55 anos, Melanoma, 2002Ler mais
  • Corria o ano de 2002 e eu, na altura com 37 anos, comecei a sentir dores no olho esquerdo. Fui ao médico de família que me diagnosticou enxaquecas. A dor...Vitor Paixao, 46 anos, Melanoma, 2004Ler mais
  • No ano de 2010 foi-me diagnosticado um melanoma maligno. Ao receber uma notícia destas ninguém esta à espera, tende-se a não querer acreditar no que...Elisabete Ferreira, 39 anos, Melanoma, 2010Ler mais
Apoios & Parcerias