Voltar

Maria

54 anos Mama, 2006, Doente
Foi-me diagnosticado um cancro de mama há 5 anos num exame de rotina - mamografia e ecografia - que faço regularmente desde os 39 anos. Parecia bizarro, tinha estado há 4 meses no ginecologista e tudo estava aparentemente bem... A nadar na piscina, apercebi-me que a mama estava ligeiramente mais dura e fui de imediato fazer o exame, mesmo em data anterior ao pedido. A médica informou-me que havia ali alguma anomalia que seria necessário confirmar com realização de biópsia e com o maior profissionalismo e empenho entregou-me de imediato o relatório e marcou-me a biópsia. Confirmou-se a existência de Carcinoma. Rapidamente recolhi opiniões, escolhi o cirurgião, fui operada dali a uma semana - foi feita uma tumorectomia, com esvaziamento axial, conservando a mama, portanto, e por questões de prudência, fiz radioterapia, que correu lindamente. Neste momento ainda estou a fazer hormonoterapia e estou ótima, com tudo controlado e sem edema no braço, porque obedeço fielmente ao meu médico. Devo confessar que acreditei sempre que tudo iria correr bem porque merecia e isso foi uma ajuda excelente, para além de alguma força superior, da família e amigos, como é óbvio. Cada caso é um caso, mas aconselho basicamente o seguinte: “agir o mais rapidamente possível e de uma forma racional, não ficar assustada com a palavra cancro, é uma doença tratável; acreditar no médico ou equipa escolhida sem se dispersar e, por último, resistir sempre e nunca desistir. Em suma, tratar-se e manter-se vigilante - porque o cancro vai provavelmente visitar-nos um dia a todos, só não sabemos quando as células deixam de ir à escola...
Voltar

Outros Testemunhos

  • A todos aqueles que percorreram o caminho mais sinuoso do mundo... A todos aqueles que o estão a percorrer... A todos aqueles que o irão percorrer......Adília Carvalho, 50 anos, Mama, 1997Ler mais
  • Sete de janeiro de 2010, dez horas e trinta e nove, faz exatamente um ano hoje, em que eu estava numa sala (batizei a minha sala de spa) a fazer a minha...ISABEL CARDINAL, 38 anos, Mama, 2009Ler mais
  • Pois é minhas amigas. Não desanimar é a principal terapia. Depois de um dia complicado de trabalhos em casa, enquanto tomava um banhinho, reparei que na...ana barroco, 49 anos, Mama, 2009Ler mais
  • Tinha acabado de saber que a minha filha ia ser internada para fazer uma laparoscopia com vista a determinar as causas da infertilidade com que lutava há...helena santos, 56 anos, Mama, 2010Ler mais
  • Olá a todos! Resolvi também colaborar com o meu diagonóstico, visto que aprendemos uns com os outros. Foi-me diagonosticado um tumor na mama esquerda em...Vitória Soares, 52 anos, Mama, 2010Ler mais
  • A minha avó partiu a 14 de março deste ano com 84 anos. Foi-lhe diagnosticado um cancro da mama. Um cancro feroz, atípico para a idade dela. Fez uma...Andreia, 27 anos, Mama, 2009Ler mais
Apoios & Parcerias