Voltar

maria

61 anos Mama, 2008, Doente
Aos 58 anos, numa mamografia de rotina, foi-me diagnosticado cancro de mama. Fui operada no dia em que fiz 59 anos. Fui muito acarinhada por todo o pessoal médico e de enfermagem; fiz quimioterapia e radioterapia; houve dias em que o desespero quase tomou conta de mim, mas ultrapassei esses momentos com o apoio da família e dos amigos. Quando tudo parecia estar bem e livre daquele pesadelo, foi-me diagnosticado novamente cancro, desta vez no cólon. Passei novamente por todo o processo, cirurgias, tratamentos, esperanças e desânimos. Hoje, passado um ano, vivo um dia de cada vez e agradeço todos os dias por estar viva e a lutar contra esta doença que tanto nos maltrata. Um beijo e muita fé a todos os que estão a passar por isto.
Voltar

Outros Testemunhos

  • Em junho de 1991, depois de uma mamografia, por causa de um pequeno “altinho” na parte inferior da mama esquerda, que teimava em não desaparecer, li no...Gabriela, 57 anos, Mama, 1991Ler mais
  • Há 7 anos, ao fazer a depilação nas axilas, detetei que algo não estava bem, embora não conseguisse fazer a palpação do nódulo. Fui no mesmo dia ao...Isabel Coelho, 56 anos, Mama, 2005Ler mais
  • Conheci o cancro na primeira pessoa há um ano atrás. Há um ano e um mês que convivo diariamente com ele, trato-o por tu, mas recuso-me a deixar que ele...Anita Chouriço, 39 anos, Mama, 2010Ler mais
  • Só no ano de 2013, com a ajuda da minha psicóloga, consegui dizer “tive cancro”.Só hoje consigo escrever sobre o assunto, esperando que o meu...Maria DIAS, 55 anos, Mama, 2010Ler mais
  • Corria o mês de Julho, quando a minha mãe foi solicitada para realizar o rastreio do cancro da mama. Ao princípio recusou, na verdade, nunca gostou de...Joana Rocha, 18 anos, Mama, 2012Ler mais
  • Chamo-me Eduardo Marques. 38 anos. Vendedor. Um homem, como outro qualquer. Com uma diferença para muitos outros, que o torna menos igual entre iguais -...Eduardo Marques, 38 anos, Mama, 2013Ler mais
Apoios & Parcerias