Voltar

maria

61 anos Mama, 2008, Doente
Aos 58 anos, numa mamografia de rotina, foi-me diagnosticado cancro de mama. Fui operada no dia em que fiz 59 anos. Fui muito acarinhada por todo o pessoal médico e de enfermagem; fiz quimioterapia e radioterapia; houve dias em que o desespero quase tomou conta de mim, mas ultrapassei esses momentos com o apoio da família e dos amigos. Quando tudo parecia estar bem e livre daquele pesadelo, foi-me diagnosticado novamente cancro, desta vez no cólon. Passei novamente por todo o processo, cirurgias, tratamentos, esperanças e desânimos. Hoje, passado um ano, vivo um dia de cada vez e agradeço todos os dias por estar viva e a lutar contra esta doença que tanto nos maltrata. Um beijo e muita fé a todos os que estão a passar por isto.
Voltar

Outros Testemunhos

  • Cancro - medo, morte, desespero, dor, solidão... Para mim, que me vi confrontada com um cancro de mama, sem qualquer tipo de sintomas numa rotina de...ILIDIARIBEIRO, 50 anos, Mama, 2004Ler mais
  • Desde que me conheço como mulher que tenho nódulos/quistos nos peitos. Daí fazer todos os anos, desde há muito tempo atrás, os respetivos exames de...Maria, 48 anos, Mama, 2009Ler mais
  • Em outubro de 2008, estava grávida de 9 semanas, quando descobri uma massa anormal no peito. Confirmado o diagnóstico, após uma biópsia, fui...Natália Gomes, 37 anos, Mama, 2008Ler mais
  • Era uma vez... E como todas as histórias, a minha poderia começar assim, como as tradicionais! Sim, dado que amava de paixão iniciar o dia com “Era uma...Maria Macedo, 53 anos, Mama, 2005Ler mais
  • 1 de junho de 1999, dia da criança. Foi na brincadeira com as minhas filhas que uma delas me tocou no peito e me doeu. Apalpei de imediato o local e...Isabel, 56 anos, Mama, 2001Ler mais
  • Chamo-me Dulce Helena, tenho 58 anos e foi-me diagnosticado um carcinoma muito avançado na mama esquerda em Junho de 2014. Fiz Quimioterapia (...) de...Dulce Silva, 58 anos, Mama, 2014Ler mais
Apoios & Parcerias